Podcrastinadores.S05E30 – Star Wars VIII: Os Últimos Jedi

Star Wars VIII: Os Últimos Jedi mal chegou aos cinemas e o Podcrastinadores correu contra o tempo para tirar esse episódio do forno no ponto, que nem um galetinho de Porg. 😛

Vem relembrar o filme com a gente, passando pelos principais momentos da história, e destrinchando todas essas cenas com nossos corações de fanboys falando bem mais alto nesse episódio repleto de SPOILERS do início ao Finn. E para bater esse papo divertido conosco, convidamos Nadja Lirio, coordenadora do Conselho Jedi do Rio de Janeiro, que trouxe várias informações do universo expandido.

Ouça e deixe seu comentário! Os Últimos Jedi se tornou o melhor filme de toda a saga? Qual ship você compra na nova trilogia (Reylo, Kylux, Stormpilot, Finnrey…)? Qual sua expectativa para o futuro da saga? Escreva aqui no post o que você viu e que ficou de fora do podcast!


Links relacionados:


Um agradecimento a todos que suportam os Podcrastinadores, especialmente aos nossos padrinhos Adriano Cavalari, Alan Martins, Alan Tadini, Alberto Camilo, Alexandre Böhm, Alexandre Cavalcanti, Alexandre Mendes, Alexandre Moraes, Anderson Dias, Andre Estrela, Anna Cruz, Arnaldo Iwamoto, Beatriz Cunha, Bianca Ramos, Camila Gildo, Carolina Lindoso-Neet, Caio Luiz Daemon, Carlos Eduardo Valesi, Carlos Tenorio, César Albuquerque Lima, Cesar Mashima, Daniel Alexandre Moreira, Daniel Colicchio, Daniel do Nascimento, Diego Livingstonn Dierly Cordeiro, Draco, Duran de Carvalho, Eder Fabio Ribeiro, Eduarda Azevedo, Eduardo Canha, Eduardo Starling, Eduardo Tomazett, Elieverson Santos, Emerson Lara, Emílio Mansur, Fábio Bentes, Fábio Bentes Jr., Felipe Rodrigues, Felipe Zabin, Fernando Althof, Fernando Gontijo, Fernando Oliveira, Frederico Lucca, Gustavo Medeiros, Herbert de Souza, Hugo Nanni, Isabela Caixeiro, José Eduardo Silva, José Maria Leite, Juliano Ribeiro, Kauê Lovecchio, Klicia Figueiredo, Laila Cristina Boff, Leonardo Amaro, Leonardo dos Santos, Leonardo Leão, Luciano do Carmo, Luis Alfredo Lopes, Luis Gustavo Teles, Luiz Eduardo Biermann, Luke Garcia, Jaíza Pires, João Elias, Marcel Melo, Marcello Alves, Marcelo Gonçalves, Marcelo Guedes, Marcelo Petego, Marcelo Rodrigues, Marco Antonio Linares, Marcos Alves, Mario Rocha, Michele Santos, Maximiliano Guzenski, Murilo Zibetti, Nathanael Gomes, Odirlei Fidelis, Otavio Oliveira, Patricia Delvecchi, Pedro Paulo Pereira, Rafael Montiel, Rafael Santiago, Renato Caldas, Ricardo Caldas, Ricardo Pires Ferreira, Roberth Terra, Rogério Bittencourt, Rodrigo Montaleão, Rodrigo Mussi, Rômulo da Costa, Sergio Kamache, Sérgio Salvador, Shoiti Motoyama, Sidnei Santana, Thiago Cordeiro, Thiago Freire, Tiago Salomoni, Vitor Couto, Victor Fontes, Walter Dias, Welyton Manoel, e Wilson Santos.


Participe você também escrevendo pra gente: [email protected]
Queremos saber quem é você que nos ouve: vá em facebook.com/podcrastinadores e mande seu Like lá.

  • Cruz Matheus

    [SPOILER][SPOILER][SPOILER] [SPOILER] [SPOILER] [SPOILER]
    [SPOILER] [SPOILER] [SPOILER]
    [SPOILER] [SPOILER] [SPOILER][SPOILER][SPOILER][SPOILER][SPOILER]

    O “dadinho” desaparece depois que o Luke morre. Bem no final.

    • Sim, é que na opinião dele, ele não deveria materializar objetos com massa, no caso, deveria ser um dadinho de holograma e atravessaria a mão da Leia e também não ficaria no chão até o Kylo chegar lá… concordo em partes com ele, mas entendo que estamos vendo novas funcionalidades da Força e aí tá valendo.

  • Poucopixel

    Imaginem que após o final de o Império contra Ataca temos o filme seguinte de Star Wars iniciando com o letreiro abaixo:

    “STAR WARS ep 6 : O Retorno de Jedi. Luke Skywalker salvou Han Solo do congelamento da carbonita e juntos Luke, Han e Leia venceram o império. Luke derrotou o Imperador e Darth Vader e descobriu que Leia é sua irmã. Ele agora tem sua academia e irá fazer os Jedi ressurgirem.”

    Todo mundo ficaria “O que?? mas eu quero ver como o Luke venceu! Como assim??”

    É mais assim que eu me sinto nessa nova trilogia. Eu simplesmente não consigo comprar o conceito que ela me vende. Não consigo me importar com o Kylo Ren. Eu sei que como eles decidiram usar os atores originais seria preciso fazer esse salto temporal de 30 anos, mas para mim precisava explicar um pouco melhor como esse mundo ficou dese jeito. Sem falar que tirou qualquer conceito de vitória de o Retorno de Jedi.

    É como se em O Senhor dos Aneis quisessem fazer uma nova saga após a trilogia do Frodo e quando começa simplesmente falassem: A Guerra não acabou o exercito do Sauron ainda está destruindo tudo.

    Mas o que me deixa mais chateado é porque escolheram esse conceito nos novos Star Wars simplesmente porque é mais fácil você trabalhar um roteiro de bem x mal quando o mal é mais forte. O herói se torna muito maior ao enfrentar uma força maligna superior a ele. Então de certa forma essa ideia de manter a primeira ordem superpoderosa e a aliança rebelde fraca e sucateada foi simplesmente um atalho de roteiro. Ou seja no final das contas foi preguiça. Para mim evolução da saga teria sido mostrar o universo em paz e mostrar a acensão de um novo mal.

    Pronto precisava desabafar rsrs

    • Rodrigo “Rod” Montaleao

      Você percebe a ironia de começar a ter gostado de todo um universo que começou no FUCKING EPISÓDIO IV com milhares de coisas rolando já, né? A sua descrição de créditos iniciais é exatamente o que aconteceu com “A New Hope”. A gente literalmente começou do meio nisso tudo. E agora isso é problema pra nova trilogia?

      • Poucopixel

        Mas em uma Nova Esperança vc não tinha uma fanbase que já sabia tudo do universo daqueles filmes. Tudo era uma tábula rasa. Tanto que quando saiu nem era ep 5.

        A história era relativamente simples “O imperador do mal que domina o universo é luta contra rebeldes” existe desde Flash Gordon.

        Mas mesmo assim a vontade de conhecer mais o passado da saga ainda fez com que produzissem a trilogia prequel. Eh muito bom ter fãs que dão bilhões em bilheteria. Mas vez ou outra eles não vão aceitar tudo.

        • Entendo o que o Poucopixel tá falando, me sinto um pouco assim também e a Disney acertou em cheio me fazendo comprar um monte de material de Universo Expandido para saber mais e mais. hehehe

          Queria ver mais sobre a Primeira Ordem, Snoke, Cavaleiros de Ren…

        • Hugo Carlos

          Mas a sua reclamação então é que o filme não tem controle sobre os fãs?

          • Poucopixel

            Não, estou falando eh que vc não pode ter só o lado bom de ter um séquito de fãs dispostos a gastar muito dinheiro e tempo com sua marca sem ter a contrapartida desse fã tbm ser superexigente. Não tem como vc ter uma marca admirada e não querer que esses admiradores reclamem de algo que não gostaram.

          • Hugo Carlos

            Ah entendi. Tipo, você que o melhor seria eles terem tentado atender algumas expectativas dos fãs ao invés de jogarem tudo de cabeça pra baixo né? Entendo isso, mas assim, falando por mim mesmo. Eu gostava de star wars, menos quando eu via um filme de star wars. Aí eles fizeram esse diferente, e agora eu gosto também do filme. No fim das contas estão trazendo gente nova pro fanbase também, e isso pode ser legal – a longo prazo, quando os fãs antigos estiverem mais conformados? rsrs

  • Ricardo Ferreira

    Sem participação do Eduardo Miranda…DCpção.

    • Reinaldo Freire

      E com participação do Fernando Caruso…DCpção.

      • Com o Tibério… Marvelhoso!!

        • Reinaldo Freire

          kkkkkkkk. Tibério, vc merece uma manopla do infinito para aguentar o Caruso.

      • Katia Barga

        Adoro o Caruso <3

        • OBRIGADO, KATIA!!!! ALGUÉM QUE GOSTA DE MIM!!!!!!!!!!
          S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2
          (Já tava considerando tirar umas férias!)

          • Joshua Hellman

            Você saiu do MDM?

          • Hahahaha Não saí porque nunca entrei! Mas eu fiquei um tempo sem gravar lá, por conta dos trabalhos! Logo logo eu tô de volta!

          • Katia Barga

            Não gosto, não !
            Amoooo <3
            Mas tá atrás no Luke e do Kylo na fila, tá kkk

  • john frogman

    a cena do sacrifício da holdo é muito impactante e funciona visualmente. mas, o que ninguém reparou, é que ela cria um furo enorme de roteiro nessa nova trilogia ao invalidar as cenas em que o han solo usa a mesma velocidade da luz para escapar da nave cargueiro com a millenium falcon e tbm para burlar o campo de força da starkiller no episódio VII. no force awakens, é justamente o princípio do salto em velocidade da luz que permite um objeto “atravessar” o outro sem problemas. portanto, a colisão entre as duas naves no the last jedi não poderia ter acontecido.

    • Não cara, nunca se atravessou um objeto com a velocidade da luz em Star Wars.

      • john frogman

        o han fala isso para rey no episodio VII. ele deixa bem claro. e depois repete isso quando eles estao discutindo os planos para invadir a starkiller.

        • Sei não… preciso de provas hahaha

          • john frogman
          • Cara, desculpa, mas você continua errado, eles não atravessam nenhum objeto, eles atravessam um campo de força. Normal. O Kylo manda um míssil no filme novo do espaço pra dentro da nave, o Anakin voa pra dentro da base do bloqueio no Episódio I, as bombas na cena inicial atravessam o campo de força que mantém a atmosfera e gravidade dentro do bombardeiro… uma nave atravessar outra nunca aconteceu.

          • Katia Barga

            a porta está aberta e eles destroem o Rathtar ao sair

          • Eles saem pela porta do hangar que estava aberta. Só que ao invés de sair com propulsão normal já metem logo o disparo para o hiper-espaço, DE DENTRO DO HANGAR, o que normalmente não se faria

          • john frogman

            jurava q a porta estava fechada. se estiver aberta, vc e o @tibério estão com a razão.

  • john frogman

    como fã da velha guarda, eu já havia sentido desapontamento com SW no retorno do jedi. naquele filme, o george lucas tomou uma clara decisão de marketing, ao colocar o ewoks no intuito de garantir a formação de uma nova geração de fãs, criada a partir das crianças que assistiram o filme na época. e essas nova geração, foi a responsável por manter SW vivo, e relevante, durante 30 anos. agora, a disney está seguindo pelo mesmo caminho. estão, mais uma vez, deixando o fãs antigos para trás e apostando no novos. eu entendo perfeitamente esse pensamento, e que ele é fundamental para sustentar SW por mais 30 anos, mas isso não impede que sinta uma decepção ainda maior. de qualquer forma, só resta para nós que não gostamos do filme a decisão de acompanhar, ou não, os próximos episódios.

    • Eu sou fã velho e curto os filmes novos, mas eu sempre acompanhei UE e acho que isso me fez ver SW com outros personagens importantes, variedades enormes de espécies… então não me prendo tanto aos personagens clássicos assim, apesar de ser sempre mais legal quando vejo eles sendo úteis como no novo filme.

      • john frogman

        entendo o q vc disse. mas não consigo gostar do que fizeram com o luke. foi uma decisão arriscada, mas, para mim, infelizmente não funcionou. assim como várias outras coisas no filme.

        • Bem, com certeza meu headcanon foi destruído com o filme, mas aceito

          • john frogman

            o meu tbm foi.

          • Hi five! hahaha

          • john frogman

            resolvi escrever o meu headcanon para a cena da rey entregando o sabre pro luke:

            durante esses dois anos, fiquei imaginando o luke recebendo o sabre das mãos da rey e, depois de olhar a arma com profunda tristeza, lembrando de seu pai e de tudo o que viveu com ela, ele usa a força para desmontá-la em pleno ar e segura o cristal kyber azul que estava no interior da empunhadura. depois, o nosso mestre jedi leva a pedra energética para o templo da ilha e, enquanto explica para a rey como o lado negro e o lado da luz são responsáveis por produzir o equilíbrio na força, e como darth vader esteve no centro disso tudo, ele coloca o cristal no altar, onde ele perde a cor e se torna transparente.

            No fim do treinamento da rey, ela pegaria esse mesmo cristal e faria o seu próprio sabre azul com ele, dando prosseguimento a um novo capítulo da dinastia skywalker.

          • Joshua Hellman

            Fodaaaaaaaaa!

          • john frogman

            muto obrigadooooo!

          • Katia Barga

            pede um emprego pro JJ kkk
            eu acho coerente ele devolver, mas daquele jeito, naõ mesmo. Foi exatamente o que eles falaram no cast, parecia uma esquete do zorra ou do SNL

          • john frogman

            mandando o cv agora. kkkk. na minha opinião, além de parecer uma esquete, tbm ficou muito fora de tom com o personagem.

          • John para roteirista do Ep9!!!

          • john frogman

            vamos começar essa hashtag?! kkkk quem sabe chega no JJ. se chegar no GG, fico feliz tbm. kkkk

          • @gusguimaraes:disqus!!!!

          • john frogman

            AEEEEEEE!!!!!!
            Muito obrigado Tibério!!!!

            se o JJ não me contratar pro episódio 9, quem sabe o GG me contrata pro podcrastinadores. seria uma honra imensa.

          • john frogman

            valeu!!!!

          • GG

            Eu curti muito, John!! Ficou BEM melhor a sua versão! Eu apoio essa hashtag aí!

          • john frogman

            caramba!!!! não acredito!!!! o GG falou comigo!!!! muito obrigado por suas palavras!!!!
            vamos bombar a hashtag!!!!

  • Hugo Carlos

    Sobre a batalha de naves com atuação da gravidade: eles estavam sob a influência da gravidade do planeta abaixo. Todas as naves “afundavam” em direção ao planeta abaixo quando explodiam e tal. Foi uma batalha naval marinha, no espaço. Achei muito bonito. Inclusive o uso da força pela general foi bem ok hein. Ela desmaiou com a explosão, acordou antes de morrer congelada, e no vácuo do espaço acho que ela nem precisou da telecinese full power pra se ancorar na nave.

    • john frogman

      sua explicação da gravidade foi perfeita. já a cena da leia superman discordo.

    • Eu concordo mais com a Nadja que, dentro da nave tem a gravidade, as bombas começam a cair e entram no vácuo já com a velocidade que saíram. Pela inercia não faz sentido eles frearem.

      Entendo tb que existe uma gravidade ali pela proximidade ao planeta, mas não acho que essa gravidade fosse suficiente para as bombas. Até pq seriam bombardeiros inúteis se estiverem mais longe de um planeta, lua ou qq coisa.

      • john frogman

        acho q seria uma mescla dos dois efeitos da gravidade nesse caso.

      • Hugo Carlos

        Especificamente sobre o bombardeiro, a arquitetura deles não faz sentido algum. Uma máquina de guerra pra operar no vácuo não deveria ter frente, traseira, cima, embaixo, etc. Os borbadeiros são uma grandessissima falha de design bélico. Mas, no contexto do filme nem me importei muito com isso, a narrativa, a tensão resolvem a falta de sci-fi da série rsrs

      • Joshua Hellman

        Star Wars não é Ficção científica, é fantasia espacial, ópera espacial ou novela espacial.

        • Hugo Carlos

          Exato! Se a gente ficar reclamando da biologia, da física, da geologia, da ciência por trás de star wars, vai pirar e não vai curtir nada.

  • PatrickDamian

    1 no primeiro filme, O Supremo Líder Snoke foi todo construído, para mostrar o quão temido ele é, e nesse filme, não nos conta da história dele, como ele conhece a família do luke, quem ele é, ou como construiu a primeira ordem ?

    2 Quando a Rey lhe entrega o Sabre, ele joga o sabre para traz? isso foi broxante, o outro filme foi todo construído ao redor desse Lightsaber e quando finalmente iriamos ver oque seria feito, oque seria dito, acontecer isso?

    3 o Luke então, não fez nada, na verdade se fez, não tivemos a chance de ver, pois nunca foi um Jedi na trilogia, teríamos a chance de ver agora e nada aconteceu, ele virou um velho cagão, que preferiu ficar escondido por ter criado um monstro, ao invés de enfrentar ele,
    nisso pelo menos fez igual aos Jedi, que quando da merda mesmo, todos fogem

    4 Os Pais de Rey, eu sinceramente espero que não seja isso, pois também e´brochante, foi tudo construído no outro filme, uma puta expectativa para isso, ela demonstrando habilidades de skywalker e kenobi,o Han conhece ela, Kylo parece também saber quem ela é, pois leva ela no colo para a nave e ele mesmo leva, não pede para ninguem fazer isso quando Han vai falar para Maz, a câmera corta na hora, e para que tudo isso? para nesse filme acontecer isso? broxante também
    ( Ainda tenho esperanças que o Kylo tenha mentido para ela, e a verdade seja revelada no próximo, assim como Kenobi não falou a verdade sobre seu Pai e sua irmã para Luke, e o mesmo só descobre isso depois )

    5 Finn e Rose, encheção de linguiça, não acrescenta nada na história, achei as piadinhas algumas fora de tom,

    6 será que a história já estava escrita para ser assim? pois parece que o JJ. criou uma mitologia em volta de Snoke de Rey, e nesse filme, Rian diz, Ahh.. não quero isso, e corta tudo, vamos fazer outra coisa, me pareceu uma coisa sem nexo com oque já estava sendo trabalhado

    7 Han, fez falta na batalha final….

    • 1 – Quero saber mais desse cara também!
      2 – Queria algo mais emocionante ali, mas entendo o Luke dar uma de Yoda, só que sem o conhecimento do Yoda
      3 – Luke Jedi só no Retorno de Jedi mesmo… ou universo expandido
      4 – Acho que Snoke estava blefando, mas ao mesmo tempo acredito que exista uma nova ideologia por trás dos filmes novos de sair da linhagem Skywalker e mostrar que qq um pode ter a Força. Yoda era o mais poderoso e a gente nem sabe a raça dele. Todo o Conselho Jedi que vimos lá na trilogia prequel são mestres que foram descobertos pela galáxia. Sabe?
      5 – Acho que o payoff deles ainda está por vir.
      6 – Só sei que quem for escrever o 9 tá muito f….
      7 – Han faz falta nas nossas vidas!!

      • PatrickDamian

        4. entendo, mas no me consentimento ela teria que ser filha de alguém, o próprio diretor já está falando que JJ pode não trilhar esse caminho e falou também que o Kylo, pode ter mentido para ela, e ela acredito naquilo ali naquele momento.

        • Kylo 171!

          • Katia Barga

            Ah , vinuma coisa bem interessante agora, que se o Snoke estava de alguma forma facilitando essa ponte Kylo/Rey ele pode ter implantado essa visão deles especialmente pra enganar a Rey que acharia que o Kylo iria de definir.
            Olha, faz muito sentido. E ele achar que ela é uma ninguém poderia dimimuirno interesse dele tb, já que ele se importa tanto com a herança da família

        • Katia Barga

          o Rian disse que o Kylo tb acredita naquilo e que não a enganou, mas foi o que ele viu. Mas claro que ele pode ter visto algum fragmento ou algo que foi deixado na mente dela. E lá vamos nós com as teorias pra se ferrar de novo kkk
          se o JJ vai por outro lado… tem várias coisas da visão da Rey que não apareceram, ou ficaram sem sentido. Quando ela vê a cena com o Kylo suportamente no templo jedi está chovendo e nesse não está. Além da nave partindo não fazer muito sentido com o que o kylo falou sobre os pais dela… talvez alguém tenha ficado encarregado dela, a vendeu pro Plutt e foi assim que ela foi tb parar nas mãos dele. Mas não qero nem ficar pensando nisso mais kkk

          • Katia com medo de sofrer tudo de novo. 😉

          • Katia Barga

            nem fala kkk, gato escaldado… 2 anos de teorias, saí devastada da primeira assitida 🙂

          • Eduardo Starling

            Isso é um bom ponto para mostrar que o problema para alguns não é o filme em si, mas a falha na coesão entre TFA e TLJ. Tem de tudo, mas de um modo geral a galera que não curtiu TLJ se sentiu enganado por ter comprado todas as tramas do TFA – e o Rian teve carta branca pra descartar alguns dos conceitos no filme dele

          • Katia Barga

            sabe que talvez tenha um ponto nisso no fato do filme começar imediatamente depois, não havia tempo naquela situação pra desenvolver certas coisas, tudo é muito imediato.
            Depois ouvi um comentário e fiquei pensando, e concordei, embora o trialer não tenha entregado a trama, mostrou quase tudo do treinamento da Rey com Luke!

    • O Catedratico [Player Select]

      Programa Força para todos!!!

      Abaixo os privilegios da força por familia!

      kkk

  • Patricia Giovanetti

    Eu amei demais o filme. Chorei várias vezes. Eu acho que esse filme me ganhou por ele fugir do óbvio. Toda vez que a gente achava que alguma coisa ia acontecer de uma determinada maneira, saia diferente. Fora a “discussão” que fica de que não existe vilão e mocinho quando se trata de guerra e compra de armas.

    Sobre a Leia no espaço, na hora em que ela ta flutuando e aparece ela de costas, a roupa dela da uma impressão angelical. Como se ela fosse um anjo mesmo.

    Achei a parte final foda! Eu me dei conta do filme de que alguma coisa estava errada pq quando o Luke projetado vai lutar com o Kylo, ele ta parecendo mais jovem. E na hora que ele arrastava o pé no sal, não aparecia a parte vermelha. Luke me levou às lágrimas.

    Outra parada legal, é que na hora em que está todo mundo lá na nave no final, tem uma hora em que abrem uma gaveta e dá pra perceber rapidamente que os livros Jedis estão lá dentro. Então eles não se queimaram junto com a árvore.

    Eu ACHO, mas só ACHO, que vcs poderiam fazer uma parte 2 depois que assistirem novamente. Fiquei que com aquela vontade de “quero ouvir mais vocês”

    Beijo grande em vocês!

    • Você falou de vilão e mocinho e lembrei de uma coisa que o filme coloca também, na verdade toda a saga, de maneira sutil, que é o equilíbrio. Um Jedi não pode se deixar levar por um lado totalmente bom ou pelo lado mau, mas sim manter um equilíbrio. Dagobah tinha seu lado obscuro, a ilha tinha esse lado também… Luke, que trouxe o equilíbrio também já pisou nos dois lados. Rey e Kylo também estão indecisos. O Yoda fala que Ezra que possui medo, mas não deixa o medo controlá-lo.

      “Outra parada legal, é que na hora em que está todo mundo lá na nave no
      final, tem uma hora em que abrem uma gaveta e dá pra perceber
      rapidamente que os livros Jedis estão lá dentro. Então eles não se
      queimaram junto com a árvore.”
      Sério? Passei por esse detalhe! A Rey roubou os livros antes de sair da ilha sem o Luke ver?!?!?!

      Brigadão pela visita novamente Patricia!

      • Katia Barga

        sim, os livros estão lá, não reparei na primeira vez, mas depois que alguem comentou e fui ver de novo, aparece até duas vezes, na primeira quando a Rey pou o sabre na gaveta, mas é muito rápido não dá pra ver quase, mas na segunda, quando o Finn abre a gaveta, aí mostra bem
        Também voto por uma segunda parte do podcast! Ah e vejam numa sala boa, xd ou IMAX, vi uma das veze numa sala ruim e se perde muita coisa!!! Principalmente o Caruso que achou a fotografia escura, vê numa sala XD, vai mudar de ideia
        E acho muito válido, porque esse é um filme que muda muito a cada vez que você vê. Palavra de quem detestou a primeira, engoliu na segunda, gostou na terceira e quase adorou na quarta 😉

        • A cabine no Rio foi numa sala boa no UCI, isso não foi problema, não era nem 3D para colocar a culpa de ser escuro, foi impressão dele mesmo. 😉

          Aliás, a sala com o som Dolby Atmos da UCI tava com o áudio excelente e deu uma profundidade bem legal ao filme, naves passando por cima de você e tudo mais.

          Já vimos novamente pelo menos 1 vez todo mundo, então acho que podemos falar tudo de novo. hehehe

          • Katia Barga

            entendo, sem o oculos não devia ficar mesmo. Mas na XD do cinemark mesmo com o óculo achei tudo bem claro e nitido e sou bem cegueta no escuro.
            ai, quero parte 2 do cast!!! Você podiam falar das impressoes se mudaram e desse racha no fandom

      • Hugo Carlos

        Então @tbrvelasquez:disqus , quando vocês vão fazer o podcrastinadores star wars episódio VIII parte Dois?

        • Xiiiii… acho que não temos assunto para um novo podcast do filme… ou temos?

          • Hugo Carlos

            Acho que um episódio (ou parte de um), com segundas intenções e especulações para o próximo filme seria massavéio demais

      • Reinaldo Freire

        Eu ia falar isso, pois vcs não comentaram no Podcast. Provavelmente a Rey fará seu próprio treinamento.

  • Gomes Junior

    Parabéns pelo excelente cast.

    Algo que acredito que poderiam ser usado (mesmo sendo de Clone Wars – serie animada) Altar de Mortis, local onde supostamente há o equilíbrio da força onde Anakin e Ashoka conheceram mais como a força se expande no universo e como a mesma pode ser tão poderosa quando bem empregada, o mesmo lugar que havia o Pai (ser que tinha o equilíbrio) – A filha (que tinha a força Jedi ou a Luz como eles descrevem) e o Filho (com a força Sith ou Negra como descrevem) (Episodio 16-17 da 3° temporada), não sei se a serie animada és canon ou não mas justificaria a ideia de ser o local onde há esse equilíbrio, ainda mais que o Pai de Luke já esteve lá e foi o local onde vimos (na série) seu destino como Darth Vader, pode parecer algo bobo mais seria legal ver que o Luke foi ao local onde nenhum outro ser com a força pode rastrear o mesmo e que só a Rey o achou dando uma maior ideia da força que ela tem.

    Também estou curioso em saber quem são os pais e qual a importância deles para a historia, pois estão dando muita atenção para isso e não será legal se do nada for algo tão inútil ou sem noção para justificar a força presente na Rey.

    No fim, curti muito o filme estou curioso de o que ocorrerá com a Leia no próximo filme e como será a despedida dela, triste com o fim de Luke (mas em Clone Wars deram uma explicação de como funciona este poder astral de retorno e manipulação fora do corpo, não lembro o episodio mas acho que és um dos últimos com Yoda já indo para Dagobah).
    O que estão achando de como estão fazendo a troca de personagens?

    • Acho que Clone Wars é canônico sim… se não me engano, Yoda esteve lá também, mas aquele mundo era fantasioso demais pra um filme, ia virar tipo Valerian ou Avatar e povo ia reclamar pro resto da vida. hehehe

      Como já falei, a Força está presente em tudo e todos, queria ver que a Rey era filha do Obiwan, por exemplo, mas se não for, ok. Yoda não era filho de ninguém e era o cara mais foda da galáxia.

      Sobre a troca, acho que tá indo bem, só não curti o Benicio Del Toro que parecia um novo Han Solo (smuggler que não tava nem aí pra ninguém) realmente não ser ninguém, entregar a resistência e ir embora. Que personagem bosta.

      Pra mim Poe é o mais badass de todos os novos.

    • Katia Barga

      Eu achava que essa história do irmão e irmã nos lados da força donclone wars ia voltar de alguma forma. Seria legal se o Kiko e a Rey fossem a personificação disso.
      E se reparar, quando eles se tocaram começa a tocar o tema da Força. Como se acontecesse o equilíbrio ali.
      Clone wars é Canon sim

      • O próprio Snoke fala: “com seu crescimento no lado obscuro o universo irá criar um Jedi equivalente do outro lado da Força”
        É o equilíbrio o tempo todo.

        Poderia apostar que estão voltando esse papo de ter vários Jedi para a nova trilogia do RJ ter um monte de Jedi e Sith lutando loucamente tipo Knights of the Old Republic quando tinham vários.

  • Em que cinema foi gravado esse áudio inicial? Porque na logo na fileira da minha frente no IMAX do Rio, sessão das 13h20, no último sábado, tinha um cara que puxou o celular e começou a gravar exatamente essa cena

    • Não tenho ideia… teve versão dublado no IMax? Tenho que levar meu afilhado!

    • helvecioparente

      Foi sábado, mas foi no Rio Sul. E fui discreto ao pegar o celular, sei que é proibido.

  • Hugo Carlos

    Eu achei a morte do snoke, e total ausência de desenvolvimento dele uma ótima decisão. A cena da morte dele foi ótima, um momento de tensão que me lembrou bem narrativas de samurai que fazem toda a luta no olhar, observando a expressão corporal e tal, e na hora que se resolve, é com um golpe só. E o kylo está se tornando um vilão muito interessante: foi traído pela lenda da luz e pela lenda das trevas. Ele é raivoso e quer o poder porque basicamente, não dá pra confiar em ninguém, é um animal ferido e perigoso. Imagina no próximo filme ele vendo a lenda heróica que o c*zão do Luke virou depois do que fez com ele?

    • Bem, ele é igual a todo Sith que quer matar o mestre e se tornar o mestre. Anakin tentou isso no 3 e no 6. Aliás, Darth Bane criou a regra dos 2 por isso. Os Sith nunca confiam em ninguém, nem nos seus mestres, nem nos aprendizes. É uma relação bem doida.

      • Hugo Carlos

        Sim, os filmes de star wars ficam repetindo as mesmas coisas (“rima narrativa” como dizem os manjadores de paranauê técnico). Eu acho bacana. Essa substituição dos mestres pelos discípulos pela traição é meio que o ritual equivalente ao ser um com a força dos jedi.
        Achei massa também que chamaram de religião o “jedaísmo”. Isso, e a intervenção do Yoda, dizendo que a Rey não teria novidade da biblioteca Jedi, pra mim mostra um caminho aí pra uma nova religião que rompe com os dogmas da antiga e ora pra mesma divindade. O jeito que ela e o kylo lidam com a luz e as trevas tem menos a ver com medo e raiva

        • Mas pensa bem, se você é um mestre Sith, você arrumaria um aprendiz sabendo que ele iria te trair ou todos eles acreditam que isso não vai acontecer? É algo muito doido pra se pensar né não?

          E SW sempre teve um pouco de religião, só que com essa história do jedaísmo se espalhando na Inglaterra, George Lucas teve que intervir nisso criando a ideia dos midi-chlorians. Não deu muito certo… acho.

          • Katia Barga

            o Kylo tem uma jornada ótima, na minha humilde opinião de quem sou eu na fila do pão 🙂
            ele fez o que o Vader não fez, e sempre quis, matar o Imperador pra tomar o seu lugar. Parece um daqueles episódios e “e se”
            e se isso tivesse acontecido? Agora vamos ver com o Kylo
            Esse episódio é um 5 e 6 misturado num só e aí vamos agora pra conclusão desse “e se”

          • RJ fez bastante isso de transformar o “e se” em realidade nesse filme. Talvez é o que tenha gerado um desgosto por algumas pessoas… não amei todas as decisões dele, mas gostei de um modo geral.

          • Hugo Carlos

            Quero ver Kylo Ren comandando a força militar com esse temperamento impulsivo dele, não é exatamente uma boa característica de liderança. Vai ter conflito mais sério com o (incompetente) Hux, e isso vai ser a abertura que a rebelião/resistência precisa.

          • Katia Barga

            isso não vai dar em boa coisa… mas o Hux ficou muito abobado nesse episódio… a piada dele com o Poe era boa, mas passou do tom e duração, já no ultimo ato na interação entre ele e o Kylo na cena do Luke foi ótima, mas a cara do humor sempre presente em star wars que sempre puxou mais pro ironico, pro olhar, pra situação, não pro pastelão, tipo luke jogando sabre e Snoke atirando Hux no chão com gritinho do Snoke. Mesmas cenas que com outro tom na direção seriam completamente diferente. Agora entendo muito o que pessoal se queixa quando fala de tom na Marvel e na DC…

          • Hugo Carlos

            Confesso que a quantidade de cenas daquelas galinhas, de “darth BB 8”, de bb8 fazendo a esquete clássica e já beeem batida do “vazamento com mais furos do que dedos pra tapar”, e toda cena do cassino me incomodaram mais do que a piada constrangedora do poe pro hux. Talvez porque quem não teve, ainda vai ter um chefe incompetente ficando numa situação parecida em reunião.

          • Hugo Carlos

            Nos filmes principais da franquia o jedaísmo foi tratado como religião anteriormente? Essa parada do michlorians foi muito caída do jeito que foi apresentada, mas tinha potencial de ser algo bacana. Como alguns filósofos e teólogos do mundo real que debatem sobre a existência/função de algum dos órgãos do corpo ter a ver com a alma e tal. Mas aquela trilogia é tão esquecível rsrsrs…

      • Hugo Carlos

        Tibério, meu conhecimento de Star wars é dos filmes. E os antigos assisti quando jovem, no SBT. Aquela trilogia que tem o Anakin, confesso que lembro muito pouco, e prefiro continuar assim sempre que vejo imagens dessas obras na internet. Tive que googlear que catso era um Darth Bane. Rsrs Mas sobre essa relação doida de mestre e aprendiz, eu acho que o Niilismo faz parte dessa religião né? Galera entra acreditando que essa “morte pela espada” faz parte do que os definem e tal. Tem coisas similares / análogas no mundo real. Mas pelo que entendi, dos sith todos no cinema, o imperador, o Snoke (provavelmente) e o Kylo Ren são os únicos que terminram o treinamento Sith. O Darth Maul e o Darth Vader morreram antes da formatura, certo?

        • Acho que todos se tornaram Sith, até pelo nome Darth Whatever

          • Hugo Carlos

            Entendi. Todos eles foram Sith, mas o posto máximo, só quando mata o mestre, certo? Assim como os Jedi que chegam ao nível máximo viram 1 com a força ao invés de morrer?

          • Ah tá, entendi o ponto, mas o Vader mata o Imperador no fim.

            Teve o Darth Tyranus também, conhecido como Dooku ou Dookan. Esse foi traído pelo Imperador até.

          • Hugo Carlos

            Verdade! O Vader mata o imperador! Ele se formou também! O Dooku era discipulo do imperador juntamente com o Darh Maul? Não lembro bem desses filmes rsrs

          • Não, o Dooku é mostrado como discípulo do Darth Sidious (Palpatine) depois que o Darth Maul morre, anos depois, já no episódio 2.

            Ele, assim como Anakin, eram Jedi que mudaram de lado. Maul sempre foi Sith mesmo.

          • Hugo Carlos

            Cara, eu não lembro nada dessa trilogia aí. Será que vale assistir novamente? Na minha vaga memória o Dooku e Darth Maul estavam como discípulos ao mesmo tempo, mas o Dooku infiltrado, ao estilo do Temer, ops Palpatine.

          • Olha, não são os melhores filmes do mundo mas… hehehe

            E não tem nenhum indício que Darth Maul e Darth Tyranus estiveram ao mesmo tempo ao lado do Sidious. Pelo contrário, Dooku só se virou para o lado obscuro entre os dois filmes, após a morte de Obi-Wan

  • O Catedratico [Player Select]

    Parabéns pelo programa como sempre. E vou confessar que por fazer conteudo na internet eu sofro de ao ouvir vcs, me pegar falando sozinho como se estivesse participando do papo. rsrs
    Então vou comentar aqui os pontos que me fizeram passar essa vergonha. rs

    1- O peito desnudo do Kylo foi, segundo o diretor, para estabelecer que eles tinham contato visual e não apenas mental. Se não fosse isso, essa conclusão não ficaria clara. E o contato mental é tão profundo que faz sentido eles sentirem empatia um pelo outro.

    2- O filme é sobre soberba e sobre aprender com os erros e que as vezes personagens jovens e impetuosos tb precisam aprender com a experiencia dos mais antigos. E vice versa. Luke erra pela soberba de se sentir um mestre jedi e mesmo depois de velho ainda tem muito oque aprender com Yoda. Mesma soberba de matou Snoke. Que se distraiu por interpretar errado as intenções de Kylo.

    3- Sobre os dados a resposta pode ser simples. A Leia sabia que ele não estava ali. Ela estava se despedindo pois sabia oque aconteceria depois. O diretor da varias pistas inclusive a ausencia de pegadas do Luke no chão temperado com sal e sason.

    4- E por “Finn” (vixi)… O arco do Finn só se torna inutil na conclusão pois não da em nada. Porem mesmo assim ele serve para ensinar a mesma lição que o Paul ja está aprendendo. Alem de resolver com um interesse amoroso duvidoso, a relação que ele tem com a Ray. Pois no Ep. VII não se sabia se oque ele sentia era amizade ou algo mais. Mas valeu por descobrir-mos que as naves imperiais viajam pelo hyper espaço movidas pelo capacitor de fluxo do Doc. Brown kkk

    Desculpe se falei muita merda. rsrs
    Bj no coração de todos.

    • Grande Catedrático, está sempre convidado a dar sua opinião!!!

      1 – Faz sentido mesmo, mas achei que não funcionou como uma piada, sei lá… isso já não é percebido quando ele “vê” o Luke quando esta falando com ela? tem uma hora que ele “olha” na direção do Luke e manda um “você vai me dizer onde ele está!”
      2 – Verdade
      3 – Sim, temos várias pistas, mas acho que as pessoas da galáxia de Star Wars não sabiam e isso que vai impulsionar a Resistência. Nisso ficou show… mas ainda queria ver o Luke de verdade ali destruindo a porra toda com a Força
      4 – Eu acho que ali serviu de link para termos um ideia do que está acontecendo com o resto da galáxia: os ricos tão pouco se fudando para os resto, os pobres escravizados… dá uma base. Além disso, servir pra apresentar o personagem mais falado ultimamente: o garotinho da vassoura. hehehe

      Abração cara!

      • Katia Barga

        achei meio besta a cena do Kylo sem camisa, na verdade, não foi a cena, mas o comentário da Rey que ficou desnecessário. Acho que ela serviu pra mostrar o talho de cicatriz que ele ficou que vai da cara ao peito.
        E nunca achei que teria crush no Dark Side depois de 30 anos stalkeando o Luke, mas o Kylo com sua cara de puppy emo revolts pra Rey me ganhou kkk

        • Olha aí as revelações! hahaha

        • A serventia dela ser para mostrar o “contato visual” não faz sentido, pois em outra cena ele é estabelecido verbalmente, quando o Kylo pergunta “você pode ver o meu entorno? Eu vejo você, mas não vejo o que tem a sua volta”, PORTANTO, cena desnecessáura.

          • helvecioparente

            Cena pro fã clube do Adam Driver! Deixa a galera se divertir!

  • “Na cena final da Holdo poderia ser a Leia ali”. VEJA BEM: não estava nos planos já descartar a Leia nesse filme e as cenas dela já estavam TODAS filmadas. Não iriam tirar ela do túmulo, reconstituir do pó ou usar uma dublê digital só para colocar ela fazendo isso, né? ¬¬

    • Por que não? Era uma forma de se adaptar a nova realidade sem nossa princesa Carrie.

  • Fala pessoal, olha, eu as vezes me pergunto se entendi errado o filme ou se os outros estão exagerando na hora de avaliar o filme, porque ao mesmo tempo que tenho vários amigos e colegas falando que não gostou do filme, eu gostei demais dele, para mim foi um dos melhores de toda a franquia.
    Tem as suas falhas, como por exemplo não contar mais sobre o Snoke e mostrar mais do treinamento da Rey, para assim justificar a habilidade dela em combate, mas ai lembro que a Disney quando comprou Star Wars, disse que teríamos SW todos os anos e em todas as mídias possíveis, então acho que esse passado do Supremo Lider e do treinamento da Rey, podem ser explicados em livros ou séries animadas ou para TV como anunciado recentemente, ai me tranquilizo, pq uma hora vai ser explicado. Outro erro acho que é a parte do planeta cassino, poderia ser bem menor ou colocar a história para correr um pouco mais ali, ficou muito enrolada, em alguns pontos boba e até meio sem sentido.

    Como disse, o filme tem as suas falhas, mas os acertos são muitos e por isso gostei tanto do filme, pelo que leio e ouço, a maioria das pessoas que não gostaram do filme acabam falando uma hora ou outra “ah, mas deveria ter sido assim e/ou assim…”; ou “bem que poderiam ter mostrado mais do fulano ou da fulana né?”; enfim, vejo que na maioria, quem não gostou foi pq não teve as suas expectativas alcançadas, ai acabou se frustrando e assim estragando para essa pessoa o filme, eu entendo, mas fazer o que né?

    Bom, fico por aqui, um abraço.

    • E aquele final para o Luke foi sensacional, se ele tivesse ido fisicamente mesmo para o planeta seria apenas para fazer uma nova versão da morte do Obi-Wan, ai seria bem decepcionante, da forma que foi feita e mostrando um novo jeito de usara Força foi bom demais.

      • Não cara, existem opiniões e são todas válidas. Algumas mudam com o tempo. Eu tinha um headcanon do que seria o episódio 3 todo e hoje já aceito mais… talvez temos que dar tempo ao tempo. Ou não. Debater Star Wars é sempre bom (desde que saudavelmente).

        Sobre não contar as origens desses personagens, não acho falha, mas era algo que queria muito… MESMO!

        Planeta cassino, sim, faltou alguma coisa ali que valesse a viagem, afinal, serviu para eles encontrarem o Benicio e ele entregar os planos para a Primeira Ordem dizimar milhares de soldados da Resistência.

        Só que eu queria ver mesmo o Luke transformando aqueles AT-ATs em bolinhas com a Força e lançando longe, derrubando Star Destroyers do céu, coisa absurda mesmo! Curto essas coisas! hehehe

        Valeu Bruno!

  • Laura Silva Carneiro

    Eu também achei que na hora daquela sombra no espelho quem ia aparecer, por causa do formato da sombra e tals, seria o Kylo.

    • Eu achei que seria o Luke novo do episódio IV…

      • Katia Barga

        eu vi hoje de novo e achei mesmo muito parecido com o Kylo ou o Luke, não combina em nada com o contorno quando a imagem aparece

        • Laura Silva Carneiro

          Né, inclusive eu achei que o formato da mão da sombra parecia estar com uma luva, o formato do cabelo e ombros não se encaixava com o da Rey.

          • Katia Barga

            Quando ver de novo vou olhar a mão! Nao reparei. Esse seria um pistão.
            (eu naonaprendo mesmo, prometi pra mim mesma que nao ia no embalo de teorias de novo kk)

          • Laura Silva Carneiro

            Kkkkk o embalo das teorias é mais forte kk

  • Joshua Hellman

    Ver o Luke ORDENHANDO um alienígena tetudo, bebendo o leitinho
    verde quentinho e cheio de colostro, foi a maior atrocidade com o personagem que poderiam ter feito!

    • Huauhauhauha Desnecessário mesmo

    • Katia Barga

      essa parte, mesmo agora que já gosto do filme depois de ver 4x, ainda odeio!!! podia mostrar ele ordenando, tal, faz parte da rotina dele, mas aquela bebida na hora, escorrendo pela barba e a olhada pra ela foi totalmente nada a ver…

      • GG

        Essa acho que nem a Nadja consegue defender.

    • helvecioparente

      Pô, a Maz Kanata aparece numa tela de tv participando de um tiroteio sem sentido, o Benicio del Toro tá completamente desperdiçado num papel besta, a sequência do cassino é longa demais, a cena do espelho é chaaata; e vocês reclamam do leite verde do tio Luke?

  • Cypher

    1 – Luke Skywalker, o cara que acreditou que o FUCKING DARTH VADER tinha salvação. Luke, o mesmo cara que CONSEGUIU redimir o Vader, dá uma “xeretada no diário” do sobrinho e vai confrontar o moleque com sabre de luz na mão? Enquanto ele DORMIA? PELAS COSTAS? Luke Skywalker venceu o Lado Negro (ou sombrio, sei lá) no Retorno de Jedi, e aqui ele se assusta com um adolescente em conflito. Pegaram a essência do personagem e urinaram nela.

    2 – Snoke foi o cara que ergueu a Primeira Ordem, que estava seduzindo o aprendiz do Luke e filho da Leia com o Han Solo pro Lado Negro, e ninguém sabe nada do cara. E por favor gente, não comparem com o Palpatine, é totalmente diferente e vocês sabem disso. “Mas vão explorar isso em algum livro ou gibi.” Isso só torna o filme pior.

    3 – O núcleo do Finn. Que coisa mais ENFADONHA! Tentaram fazer uma “crítica social foda” e o tiro saiu pela culatra, já que é quase um consenso que aquela sequência deixa o filme com uma barriga digna do Tim Maia.

    4 – Luke usando a Força de uma forma inventiva (um abraço Caruso!), sendo pelo menos uma vez um Mestre Jedi no filme, foi FODA DEMAIS! Todavia matarem o personagem logo depois quebrou esse sentimento. Se era pra morrer, que morresse em campo de batalha então! E por que em nome de Deus, tinham que mostrar a X-Wing só pra dar pistinha falsa?

    Como filme isolado até que é bem legal, mas considerando todo o background desse universo, a história fica muito incoerente. Várias coisas estabelecidas na trilogia original e até em O Despertar da Força (pais da Rey?) são esquecidas aqui. Realmente uma pena.

    • 1 – Opa, calma aí, faltou ver as nuances das versões contadas por cada um, não foi tão simples assim.
      2 – Não acho que torne pior, mas também queria que tivessem gasto uns minutos de filme falando de como diabos ele foi parar ali
      3 – Gostei do cassino, mas poderia ser melhor explorado para que valesse a pena o tempo de tela. Um Lando ali já resolveria o problema.
      4 – That! Preferia ver ele ali pessoalmente usando a Força de forma brutal e as crianças contando a história: uma vez o Luke levantou 4 At-Ats com o poder Jedi e transformou eles em bolinha de papel, salvando a Resistência do Kylo Ren!

      É esperar pra ver agora…
      Valeu Cypher

      • Cypher

        1 – Pô cara, a única nuance que tem ali é que o Luke liga o sabre e se arrepende logo depois. Pra mim isso é equivalente ao Batman planejar o assassinato do Super Homem, descaracteriza demais.
        2 – Snoke tem puta importância na trama é e ZERO desenvolvido. O filme tem que contar uma história, não pode depender de livro e gibi pra preencher lacuna do roteiro.
        3 – O cassino não tem como hahahaha eu quase dormi na sessão.
        4 – Achei foda do jeito que foi, mas não deviam ter matado o personagem. Acabou que pra mim uma cena anulou a outra, e nenhuma foi tão foda quanto poderia ser.

        Mas é isso aí, abraço pra toda equipe.

        • 1 – Não seja tão duro com o Luke Cypher! hehehe
          2 – Acho que o “projeto” multimidia da Disney é nesse caminho, de fazer a galera consumir várias paradas além do filme. Também não acho que deva depender, mas acho que vai ser por aí

    • Ei, ganhei um abraço inventivo!!!! Hahahaha

    • Hugo Carlos

      1 – Cara, eu fiquei achando (ou o termo técnico chique: “preenchi lacunas narrativas”), que o Luke é que tinha sucumbido ao lado negro e quis passar o sabre no menino pois estava com o coração cheio de medo do poder dele. Apesar dele falar depois pra Rey “Eu já vi poder bruto assim antes e não me assustou, agora me assusta”. A atitude toda dele depois disso me pareceu até “vilanesca”, no sentido dele ter se acovardado e tal.
      2 – vão explorar assim no gibi mesmo. Também acho uma pena. Mas, pra mim o filme funfou sem saber mais do sujeito. Talvez se encaixarem um filme que se passe entre a trilogia original e esses pra mostrar como o Luke ficou assim, como surgiu o Snoke, os Cavaleiros de Ren, etc. seja mais digno do que botar no gibi.

      3 – Também achei essa trama paralela desnecessária. Tudo isso pra desenvolver a cena no final com o menino no estábulo, foi exagero (Será que daqui 20 anos tem a trilogia desse menino?)

      4 – Segundo o que a Nadja explicou, ele não morreu, virou parte da força rsrs. Quanto ao x-wing nem me passou pela cabeça dele usar aquilo de novo. Pensei que ele usou pra chegar no planeta e jogou fora.

      Fiquei também com impressão de que desenvolveram mais o Kylo Ren e quase nada a Rey. Talvez o próximo filme seja mais focado nela. Eu espero.

  • Joshua Hellman

    A Capitã Phasma foi brochante também já que a atriz Gwendoline Christie não teve chance de desenvolver a personagem.
    E a [email protected] dos CAVALEIROS DE REN onde foram parar? Se não eram importantes porque o Kylo adotou o nome dos caras [email protected]!

    • Calma jovem padawan, suas respostas serão todas respondidas….

      ou não. Mais provável que não. hahahaha

      • Katia Barga

        não sei… o JJ pensou bem neles, já que no dicionario visual tem inclusive todos eles descritos, com habilidades, figurino, nome, etc…

        • helvecioparente

          Não tô preocupado com os Cavaleiros de Ren, tenho certeza que eles ainda aparecerão. Só espero que seja no SW9, e não num livro.
          Agora, a capitã Kenny deve voltar no próximo filme, assim como voltou nesse. Oh, my god, they killed Phasma!

          • Katia Barga

            Eu acho que a Pharma não morreu!!!

    • Hugo Carlos

      Acho que vão soltar algum outro produto (livro, game, etc) com esses personagens. Acho que vai ser assim também pra explicar o Snoke. Di$ney não dá furo rsrs

  • Lucas Santos

    Conheci o podcras no episódio sobre Rick and Morty. Amei a sárie e fiquei fã deste podcast. Tenho acompanhado os ultimos epósidios e esto ouvindo os anteriores. Uma coisa que me agradou muito neste episódio do Star Wars foi perceber que os participantes não estão mais aceitando tudo que o Caruzo fala (que geralmente é um monte de merda) só porque é o conhecidão, descoladão super foda da globo. Confesso que por várias vezes parei o podcast por causa das idiotices cheias de razão que o Caruzo fala. Adoro o podcras, é o podcast que mais acompanho, porém é brochante um cara se achar que é super picas do universo e não deixar os outros falarem (ou será a edição?). Abraços. Lucas

    • Ah Lucas, mas a gente nunca aceita tudo que ele fala. Inclusive ele chegou depois, nem pode sentar na janela por quase um ano. hehehe

      Mas a vida é assim mesmo, cada um tempo sua opinião e a gente tenta colocar todas elas no ar porque sempre tem alguém que se identifica mais com um do que com outro.

      Mas continua aí! Aproveita e ouve uns anteriores. Os outros episódios de SW mesmo estão bem legais…

      Abraço

      • Lucas Santos

        Opa, fiquei feliz que vocês responderam à crítica. Conheci podcast a pouquissímo tempo e vocês são os mais aguardados do meu agregador.

        Abraços, e feliz natal

        • Reinaldo Freire

          Lucas, concordo com vc sobre a parte do Fernando. Escuto o podcast dos
          caras faz um tempo. E desde o momento que o Fernando ficou “fixo”,
          o podcast perdeu aquele debate de ambas as partes. Ele corta todo mundo,
          principalmente o @tbrvelasquez:disqus, além das piadinhas. E sua opinião sempre é a mais valida no podcast. Saudades dos podcast com Rods e Carlos Voltor!

          Abs a todos!

          • Pô Reinaldo, o Voltor nunca foi fixo, também sinto saudades do Rod, mas o Caruso é emocional, ele fica nervoso é quer comentar. Não implica com ele. hehehe

          • ISSO NÃO FAZ O MENOR SENTIDO!!! CALA A BOCA TODO MUNDO!!!!!!!!!!

          • Reinaldo Freire

            Tamo junto @tbrvelasquez:disqus. Obrigado pelo feed. Aguardando os próximos podcast. E parabéns novamente pelo ótimo trabalho.

    • Obrigado pelo conhecidão, descoladão super foda da Globo! Nem eu me tinha em tão alta conta!
      Sei que você não gosta quando aceitam o que eu falo, mas pelo amor de tudo que é mais sagrado, tente aceitar isso:
      Broxante é com “X”
      Caruso é com “S”.
      Beijo no coração e feliz natal!

      • Lucas Santos

        Cara, gostei, você respondeu (o que raramente acontece na internet) e aceitou a crítica numa boa (o que nunca acontece).
        Agora ouvindo novamente (é 1:35:10 não foi fácil, kkkk), acho que foi a euforia de ter acabado de assistir (também saí atordoado do cinema, com muitas coisas à digerir)
        Abraços a todos e um feliz natal.
        Ps. acho que não errei nada não né? hehehe vocês são ótimos.

        • Hugo Carlos

          @disqus_tN4JReJfse:disqus se você gosta de odiar o caruso causando, ouça o MDM, especialmente o episódio que ele sofre bullying: http://melhoresdomundo.net/podcast-mdm-350-marvel-nao-tem-classicos-ou-tem-claro-que-nao/

          • Muito obrigado, Hugo, por não deixar NINGUÉM ESQUECER!!!

          • Hugo Carlos

            Porra, melhor episódio do mundo Caruso! E saiba que eu sou #timecaruso e a marvel tem clássico sim e você fez bem em defender até o fim.

          • Obrigado, cara! (Escorre uma lágrima furtiva) Foi difícil, foi muito difícil…

        • Disponha, Lucas! Mais uma pra sua hate list: sabe o episódio que você gostou e que te fez começar a ouvir os podcrastinadores? Sobre Rick & Morty? Então…. FOI IDEIA MINHA!!!
          AINDA BEM QUE ELES ACEITARAM O QUE EU FALEI NÃO É MESMOOO???? HUAHUAHAUHUAHUAHUAHUAHUA

  • Joshua Hellman

    Se a porcaria do Luke Skywalker queria ficar sozinho na ilha e esperar a morte ou sei lá o que, porque o desgraçado mandou um mapa para acha-lo?

    • Katia Barga

      ao que parece depois de ver esse filme, o que o R2 tinha era fragmento de mapa de quando estavam procurando juntos o primeiro templo jedi, não foi o Luke que deixou pra ser encontrado…

      • Também acho que ele não queria ser encontrado não… o mapa foi de alguém que achou uma forma de chegar até ele. Essa história tem uma parte no jogo Battlefront 2.

  • Katia Barga

    acabei de ouvir duas vezes, que episodio!!!! Maravilhosa participação da Nadja, mandou muito bem! Caruso parece eu, viuva do JJ kkk Tenho que dizer que saí malzona do cinema a primeira vez que vi, não consegui nem dormir direito! Hoje depois de ver pela 4a. vez (sim, sou dessas lol) e garantir meu baldinho de pipoca, quer dizer, baldão do BB 8, fiz as pazes por completo com o filme e estou quase apaixonada. Não curto 100%, faltou dar sequencia em várias coisas que o JJ deixou de gancho, mas no 9 ele está de volta e eu tenho certeza que mesmo com esse pepino na mão, por como termina pra fechar tudo com um filme só, ele vai arrebentar. Mas claro, sempre vai ter quem não gosta e isso faz parte. Filme mais polêmico desde B x S kkkk PS o Yoda que aparece é um boneco mesmo, manipulado pelo próprio Frank Oz.

    Meu conselho pra quem não gostou é: veja de novo, dá uma chance que faz toda a diferença (só o arco da Rose e Finn que não se salva muito, embora tenha toda uma mensagem por trás bem importante sobre guerra, opressão, dinheiro…)

    • Joshua Hellman

      Eu já assisti de novo e sinceramente só piorou.

      • Katia Barga

        que pena Joshua… É tao ruim a sensação de nao gostar. Pode ser que vc precise de mais tempo pra digerir. Pode ser que não é pra vc seja isso mesmo. Mas é triste pra gente como fã, né? Mas tem que ter opinião, mesmo. Não é porque todo mundo está gostando ou não que a gente tem que achar o mesmo.
        Que a Força esteja com vc.

        • Engraçado que existem um grupo que odiou e um que amou. Como uma obra pode fazer isso? É muito doido e legal ao mesmo tempo.

          • Katia Barga

            Eu não sei onde me encaixo porque fui convertida kkk
            Traitor! !!

        • Joshua Hellman

          (╥﹏╥)

          • Katia Barga

            mas continuo indignada com várias coisas…

      • uhauahauha
        Joshua tá indignado ainda

    • Eu quero o balde do BB-8, não consegui ainda.

      Confesso que o filme também melhorou na segunda vez, talvez por passar o momento euforia e tudo mais. Uns probleminhas, como os personagens novos que chegam e saem ainda me incomodam um pouco, mas me conheço e amanhã sai um quadrinho que vai falar deles e fica tudo bem de novo. hehehe

      E Katia, se for do Rio, aproveita e participa das sessões com o CJRJ, tiveram várias. Semana que vem terá uma no Odeon.

      Abração

      • Katia Barga

        sou de São Paulo! a primeira sessão que fui foi a dos cosplays aqui do CJSP esse balde é do Cinepólis e é simplesmente incrivel, já virou meu xodó, Peguei dois, um vai virar abajur pro quarto das minhas meninas 🙂

        • Legal, pessoal do CJSP é muito show também!
          Depois manda fotos do abajur, fiquei curioso. Só cuidado pra não esquentar e derreter.

          • Katia Barga

            Mando quando fizer , só por uma lâmpada que não esquenta compacta, aí tudo certo 🙂
            Ele é enorme!!!

    • Hahahaha É isso aí, Katia! Eu e você, de preto, até o episódio 9!!!!

      • Katia Barga

        #tamujunto
        #viuvasDoJJ

  • Marcos André

    Fala pessoal… confesso que quando vocês falaram que ia gravar saindo do cinema, me bateu um desespero, achando que no calor da emoção vcs deixariam algumas coisas de lado, mas vocês foram certeiros em tudo. De fato vcs são bons no que fazem!

    só queria levantar alguns pontos rápidos que eu interpretei.

    *Spoilers*

    1 – Quando o Kylo vai matar o Snoke, este segundo fica discursando para a Rey que sente que o seu pupilo vai eliminar o inimigo e blá blá blá, achando que o ódio que ele esta sentindo é pela Rey, então interpretei isso como uma confusão na cabeça do Snoke. Ele sabia e sentia que o Kylo ia assassinar, mas não enxergou quem, por isso foi tão “fácil” para o Kylo.

    2 – Yoda falando que sentiu a falta do Luke. Puta que me pariu…

    3 – No momento que antecede quando Luke apenas vai e passa a ser parte da força, Enquanto eu soluçava encolhido em minha poltrona e tentava enxergar em meio a estranha água que brotava dos meus óculos e encharcava meus olhos, eu juro, de pé junto que eu tive a impressão de que um sol foi projetado por ele. Ok capitão, foi uma referencia clara de Tatooine, todos sabem disso, mas para mim, aquele planeta só tinha um sol, e o segundo foi projetado por ele para uma despedida. Vocês que a essa altura provavelmente já viram o filme mais vezes, me respondam se eu tô viajando demais ou foi isso mesmo?

    Abs, e obrigado pelo conteúdo de qualidade!

    • Obrigado Marcos!

      A dificuldade de gravar no dia da cabine é que ninguém viu o filme ainda… ou quase ninguém, então não tem easter eggs que o diretor colocou escondido e falou, não tem Ultimate Guide, não tem wookiepedia nem nada pra ajudar, tudo de cabeça mesmo. Podemos deixar uma coisa ou outra de fora, mas tentamos falar de tudo, mas sem perder também o timing do episódio e ficar perto das 2h padrão.

      1 – Isso achei bem legal mesmo
      2 – Nós também sentimos… hehehe
      3 – Lembro do que você está falando, mas não consigo lembrar se já existiam dois sois no horizonte. Acho que já tinha sim, um bem menor… mas nas próximas 1000 vezes que eu ver presto mais atenção

    • Katia Barga

      O que vc escreveu do 1 está bem certo eu Acho. O que mostra o quanto o Kylo é poderoso quando focado. Ele conseguiu enganar o snoke a concentrando na ação sem deixar pereber voltada a quem. O problema é que raramente ele está equilibrado kkk
      3. Acho que tinha um sol só mesmo. Que eu me lembre a cena começa com um sol, depois aparece outro pra remeter a Tattoine. Caraca, vou ter que ver a quinta vez pra confirmar kkk

      • Ciro Monteiro

        Kylo Ren é um Millennial.

    • Hugo Carlos

      1. Pessoal tá botando pouco crédito no kylo ren, mas eu também entendi que ele viu ali uma janela de oportunidade enquanto o snoke se concentrava em prender a Rey e tacar o terror da retórica. Ele terminou o filme como um vilão interessante.

      2 – Agora que li seu post que me liguei que o Yoda fala isso pois o Luke esteve “desligado” da força esses anos todos né? O @fernandocaruso:disqus reclamou do Yoda mecatrônico, mas eu achei lindo demais ser esse o Yoda que tava lá. O Luke nunca conheceu o Yoda jovem de CGI que se mexia de jeito mais suave. 😀

      3 – Eu tenho a vaga lembrança de que já tinha dois sóis por lá, em alguma cena anterior.

  • Joshua Hellman
    • Poucopixel

      Que foda.

      No final das contas o filme serviu pelo menos para todo mundo lembrar como o jovem Skywalker foi provavelmente o maior herói do cinema( bom pelo menos foi o primeiro grande herói do entretenimento globalizado)

      • john frogman

        o darth vader é o maior vilão do cinema e o luke o salva do imperador e do dark side. portanto, o luke é o maior herói da história do cinema.

    • john frogman

      esse personagem do episodio VIII é luke só no nome. infelizmente. mas a nova geração adorou e o filme está fazendo dinheiro. então, devemos aceitar q ficamos velhos e q a disney não faz mais SW para a gente.

  • Poucopixel

    Se o Rian Johnson tivesse escrito “O Imperio Contra Ataca” no momento em que o Luke diz “Você matou meu pai!!” o Vader diria “Ah tá”.

    Veja bem o filme é bom e tal. Mas prevejo um certo desinteresse de uma parcela de fãs daqui pra frente. Não tem mais sentido ficar nessa bobagem de teorizar ou mesmo criar expectativa.

    A mensagem dada pelos produtores e pelo diretor foi ” Seguinte galera, já assistiram? Agora eu só quero ver a cara de vocês quando forem pagar o ingresso do próximo filme, vão conversar sobre outra coisa nos próximos anos”

    Eu pelo menos não perco mais um segundo da minha vida querendo saber nada sobre o que pode acontecer no próximo filme. Sério só faltou a Dysneu colocar o Nelson do Simpsons falando “Haha” para os fãs retardados tipo eu no final do filme kkkk.

    • Parece que estou ouvindo os fãs de 77 falando da trilogia prequel. Hahaha

      A coisa é bem cíclica…

      Star Wars tá saindo tanta coisa que é até natural se perder um pouco e vc focar em algo que curta mais do tipo, gosto só dos Star Wars Story ou só vi os numerados. É uma enxurrada de coisas novas…

  • Poucopixel

    E só para fechar se não queriam explicar nada do Snoke blz. Mas conceitualmente falando deveriam ter pelo menos evitado usar a imagem de um homem idoso.

    O grande problema dele aparentar ser tão velho é que nosso cérebro começa a processar coisas como ” mas se ele é tão velho ele já estava vivo na trilogia anterior” ” onde ele se encaixa?” “como o Palpatine não sabia dele??”. Agora se tivessem feito ele com a aparência de um ser humano com uns 30, 40 anos, nós pensaríamos ” Ah foi alguém que surgiu depois, tá de boa”.

    Fora que o visual de Gargamel ficou um vilão muito clichê, meu deus.

    • helvecioparente

      De repente ele é novo, mas a espécie dele tem aparência de velho…
      😛

  • Henrique Tavares

    Uma das coisas mais curiosas sobre esse filme para mim foi a liberdade do Rian Johnson com o roteiro, com a Kathleen sendo tão linha dura dando essa liberdade pra ele revirar o que quisesse e como quisesse. Inclusive aquela cena do Snoke criticando o Kylo pareceu o o RJ fazendo as críticas dele sobre o filme anterior, inclusive pareceu uma cutucadinha a questão do capacete, um “não vai ter isso no meu filme”.

    Fico imaginando como vai ser com o JJ voltando e tendo que lidar com a situação que o Rian deixou, se ele concorda com as mudanças. Um meme muito engraçado que vi é do texto subindo começando com “Foi tudo um SONHO”.

    E honestamente tenho um leve receio de algo assim realmente acontecer, de cada um levar a coisa para seu lado quando é dono da bola, em vez de haver um trabalho em conjunto. Eu sei que JJ tá creditado como Produtor Executivo em TLJ, mas sei lá, não me pareceu que o Rian concordava muito com as coisas do Ep7, e temo JJ não concordar com as coisas do Ep 8.

    • Se fosse o Lucas na fazia uma edição especial, mudava umas coisas e pronto hehehe

  • Hugo Carlos

    Sobre a jornada da Rey na ilha:

    A) O Luke tem medo da tentação que ele sofre do lado negro. Acho que ele tentou matar o kylo num momento de fraqueza para o lado negro. (Ele tá com cara usuário de dorgas alucinógenas quando tenta sabrear o Ben Solo).
    B) Lembrando que o yoda disse ao jovem Luke que o caminho para o lado negro era algo como “medo e raiva”, sentimentos que o personagem claramente tem o tempo todo.
    C) Ele tem cagaço de ser seduzido pelo lado negro e fica assustado ao perceber que Rey não teve medo ao ter contato com esse lado da força.
    D) Ela não tem raiva ou medo, tem esperança (de encontrar os pais, de encontrar um lar, de encontrar um mestre, etc) e por isso a jornada dela a esse local escuro dá a ela a mesma resposta que posteriormente o Kylo Ren lhe entrega: “Não importa quem são seus pais, você tá sozinha, se vira com isso” (ele inclusive cita algo como “mas você já sabia disso”) E de fato, a parede da caverna já tinha revelado isso pra ela.

    Eu entendi saporra assim, e por isso gostei. Mas eu não tinha conhecimento sobre o que poderia ser o filme até assistir. Vejo que quem ficou anos estudando o assunto se frustou pois aparentemente os filmes anteriores fundamentaram que o poder da força é uma herança familiar. Confesso que isso passou batido pra mim. (Os pais do Anakin eram fortes na força? Não lembro mesmo).

    • helvecioparente

      O Anakin não teve pai, ele foi criado pela manipulação de midiclorians.
      Sei, é terrível, mas tá no filme.

    • Katia Barga

      A linhagem Skywalker foi gerada pela Força. Anakin não teve pai, só a mãe. Meio Jesus.
      Mas sempre existiram jedi. Isso não é exclusivo de família, até porque os que seguiam a ordem não tinham filhos (daí o que deu ruim pro anakin e o levou pro lado negro)
      Quando algum jedi encontrava um sensitivo a Forca, o levava pra ser treinado na ordem.

    • Hugo Carlos

      @disqus_FGCP1vDDvy:disqus @helvecioparente:disqus vocês me deixaram confuso. Ele é um experimento genético ou foi concebido sem pecado? Ou ambos ?
      De qualquer modo, porque o povo quer tanto que os pais da Rey sejam heróis do passado?? Os filmes prometem isso em algum momento?

      • helvecioparente

        O Anakin é um experimento genético.
        O povo quer reclamar. Criaram um head canon que os pais da Rey seriam da família Skywalker ou Kenobi, e não querem aceitar que ela não seja.

        Pra mim, isso é bobagem. Seria legal se ela fosse herdeira de algum personagem antigo, mas se não for, não vejo problema.
        Sou fã do Tarantino, quero ser surpreendido!

  • helvecioparente

    Escrevi um post no heuvi com as minhas opiniões, com spoilers, claro:

    http://www.heuvi.com.br/star-wars-ep-8-os-ultimos-jedi-com-spoilers/

    • Poucopixel

      Li o texto Helvecio e concordo com vc em tudo. O problema é que confundem vc esperar coerência dos personagens que já existem a décadas com você já ter o filme pronto na sua cabeça.

      Ninguém implicou com o Han Solo em Despertar da Força. Isso porque ele segue basicamente o que foi construído para ele desde os anos 70. Ele continua fazendo as mesmas coisas, andando com o mesmo amigo e até usando a mesma roupa. Para um personagem esse comportamento é ESPERADO pelo fã, mas ninguém sabe exatamente o que ele vai fazer .

      Vamos com outro exemplos.

      Eu poderia fazer um filme de Sherlock Holmes em que o personagem é meio burro e não consegue perceber as coisas? Posso. Mas os fãs ele pensariam ” Tem alguma coisa estranha com isso ai…”

      Eu poderia fazer um filme do Batman em que ele anda com uma metralhadora matando bandidos? Posso. Mas os fãs ele pensariam “Perai a coisa que o Batman mais odeia são armas e ele tem um código de honra de não matar”

      Poderíamos pensar nisso como novas interpretações dos personagens. Mas como o Superman do Zack Snyder mostrou não é bom tornar um simbolo de esperança em um depressivo com gel. A não ser que você queira perder dinheiro.

      • Joshua Hellman

        Putz, “depressivo com gel” HueHueHue

  • Marcelo Mesquita

    Muito bom!!! Ainda estou absorvendo o filme, preciso ver de novo para tirar mais conclusões e para tentar compreender melhor a história, mas o filme é bom mesmo!!!

    • Eu gostei mais na segunda vez. 😉

  • Darth Paul Poor Traaais

    Um ótimo programa, um papo descontraído e divertido. Não sei se vou acrescentar a conversa, até porque eu já disse em outros momentos que Star Wars by Disney não me tem como público alvo.
    Mas em vários trechos a Nadja Lirio diz que sobre tal e tal personagem “nos livros ele/ela é bem mais desenvolvido” e isso pra mim é um dos erros que me afastam de tudo agora. Vejam que o Universo Expandido (agora Legends) cresceu muito por conta de todo o material literário criado. Mas eu lia os livros, quadrinhos, RPG, etc porque EU QUERIA LER. Star Wars sempre foi tão rico e vasto que se recusou a cair no esquecimento, apesar de “só” ter tido 3 filmes principais por um longo tempo. Então muitos dos fãs antigos se alimentaram desse material para manter acesa a chama.
    Mas a Disney parece dizer que VOCÊ PRECISA LER esse material, pois só assim você tem uma compreensão total da profundidade e magnitude de cada personagem que foi mostrado de maneira pífia nos filmes.
    O que mais me incomoda nos filmes novos não são as similaridades com os da trilogia clássica ou mesmo as mudanças drásticas em coisas fundamentais, estabelecidas há tempos. Isso pode servir para contar uma história melhor. O meu problema está nessa repetição dos erros em prol da visão Disney. Insistir em contar uma história onde se passaram 30 anos sem que isso tenha um impacto real no universo é chato pra mim. Vejam o exemplo dos episódios I-II-III para o IV-V-VI: olha como o universo mudou. Tínhamos uma República, Ordem Jedi estabelecida, etc. No IV vemos o quanto tudo virou de cabeça pra baixo, com Rebelião vs Império, etc. O episódio VII nos mostra algo que estaria acontecendo uns 3 anos depois do Retorno de jedi, não quase 30 anos depois!
    Usar os atores consagrados nos papéis teve seu peso? Lógico! Mas isso (e outras decisões de roteiro, história etc) pesaram de forma negativa pra mim.

    Enfim, orfão do Universo Expandido “crássico”, só me resta voltar a minha leitura antiga e deixar que a nova geração aproveite o seu “Star Wars”. Sem rancor ou mágoa. Apenas com sensação de que o meu lugar é no passado, aguardando por um futuro melhor.

    Que a Força esteja com todos vocês. Sempre.

    • Entendo seu ponto, mas eu consumo esse “novo universo de Star Wars” sem problemas. Sim, também sou órfão do atual Legends e tenho metros de material que me dizem que não vale de nada, mas, sinceramente, caguei pra eles. hahaha

      Pra mim Quinlan Vos ainda foi um dos caras mais fodas do universo e em algum lugar desse ou outro universo paralelo Mara Jade casou com Luke.
      Ao mesmo tempo, estou aguardando um história para me explicar quem diabos era esse Snoke aí.

      Que a Força esteja com todos nós!

      • Darth Paul Poor Traaais

        Cara, você mencionou Mara Jade e me fez lembrar de Ben Skywalker. Como eles puderam fazer isso? Usar esse nome (Ben) de maneira tão “cara-de-pau”?
        E o Mark Hamill deve ter lido todos os livros antigos, pois seu Luke jamais seria tão apático. Por isso ele foi profissional e interpretou o papel, mesmo discordando. E sobre todos os seres terem a Força. Eu lhes digo: Yuuzhan Vong!!!

    • Excelente ponto!

  • Joao Vivaldo

    Oh Filminho Mais ou Menos. O Despertar da Força Foi Muito Ruim, e Os Últimos Jedi é Muito Fraco. Torço Pra o Episódio IX Seja Pelo Menos Bom!

    • Eu gostei mais de O Despertar da Força… me julguem! heheheh

  • NapoliThanos

    O Rian Johnson descartou quase tudo do Episódio 7 que prometia um grande desenvolvimento: Snoke, como a Primeira Ordem surgiu, Cavaleiros de Ren, Finn, o mistério dos pais da Rey (obs: eu não me importo de serem pais comuns, mas o filme anterior deu um ar de mistério sobre isso), Capitã Phasma… acabou que as terorias dos fãs eram bem mais empolgantes do que realmente aconteceu. Esperava mais desse filme.

    • helvecioparente

      Na verdade, você não esperava “mais”, você esperava algo diferente.
      “Head canon”…
      😉
      p.s.: Gostei do nickname!

    • UHAuhAUAHUA Napolithanos!

  • Carlos A Oliveira

    Ouvi o programa e fiquei pensando no mimimi dos tais “jedi da vida real”, o que estão reclamando da cena inicial do Luke, uma pergunta : – No episódio VII não estava claro que Luke abandonou o sabre? Se sim (e estava) façam o seguinte exercício mental, pensem assim: “- Vou embora, não quero ser encontrado vou deixar para trás meu celular”, anos depois uma jovenzinha aparece com o celular nas mãos extendidas lhe entregando o celular (que vc deixou claro que não queria) o que vc faz? Outro ponto: – Quem é o Supremo Líder Snoke? Façam o exercício de pensar na trilogia original nos anos em que foram exibidos e se perguntem: – Quem é o Imperador? Resposta : – Não interessa! Achei as decisões do filme ótimas, claro que a cena do cassino poderia ser mais enxuta ou que fosse o Lando ao invés do Benicio Del Tiro, mas estamos falando do filme do meio de uma trilogia, em geral este é o filme que se põe às cartas na mesa e para mim firam postas da seguinte forma: Tudo que se contava sobre os Jedi não deve ser ignorado, mas não é canônico é Lenda, como Luke disse sobre o que falam sobre ele (alguém já disse isso no passado recente mas fingimos que não ouvimos). Existem o lado da luz, das trevas e o cinzento (união de preto e branco por mais que não queira tudo caminha para um casalzinho forçado na força), os rebeldes vão se restabelecer e a força vai voltar à galáxia, oriunda de mulheres, de asiáticos, negros, crianças pobres tudo que era posto para escanteio na trilogia original, percebo que a força está se direcionando para o seu melhor momento, fãs xiitas são xiitas e vão perder o tempo gerando um abaixo-assinado para tirarem Ryan Johnson do comando da futura nova trilogia ao invés de sentarem, assistirem e aproveitarem um novo olhar sobre uma galáxia muito distante.

    • helvecioparente

      Concordo com quase tudo, menos na parte que você faz o paralelo entre o Imperador e o Snoke.
      Quando o Imperador apareceu no ep. 5, a gente não sabia quem ele era, e isso realmente não importava. Mas a gente não sabia o que tinha contecido nos anos anteriores. Agora a gente sabe. Deveriam explicar de onde veio o Snoke!
      Dito isso, achei muito boa a morte do Snoke. Pena, não vou saber quem era. Mas isso é o de menos.

      • Vão explicar o Snoke na trilogia prequel da nova trilogia! hUAhAUhAU

        • Carlos A Oliveira

          Hahahaha, uma coisa eu sei a Disney não larga esse osso tão cedo nem a pau!

  • Luiz Andrade

    Fala galera! Muito bom escutar a opinião de quem também é fã. Alguns podcasts e sites estão apenas criticando o filme e deixando detalhes importantes pra lá. Mais uma vez a convidada da uma puta contribuição, façam isso sempre que puderem, nunca é demais. Quero comentar um ponto sobre a jornada da Rey:

    – na minha visão esse filme propõe o rompimento de algumas estruturas clássicas, principalmente da jornada do herói muito utilizada em Star Wars. A cena da caverna acaba sem resposta pra Rey, pq? Pq ela já está pronta como heroína, não precisa de uma grande evolução. Como Kylo mesmo diz ela já sabe quem são seus pais e como Yoda afirma ela já tinha o necessário e os textos originais não acrescentariam nada (apesar de ela roubar os livros rs, viram isso? Ou imaginei?).

    • Sim, um detalhe que passou desapercebido na primeira vez foi ela estar com os livros. O Yoda ter destruído a árvore foi uma sacanagem… só que com a gente. hehehe

      Sobre a Rey, faz sentido, mas ainda acho que o JJ ai explicar algo mais no próximo episódio. Veremos.

  • Messias Fernandes

    Canelada:
    GG falou dos dados que o Luke entrega pra Leia e que ele tinha “força” fisicamente pra levar eles foi a justificativa dos participantes.
    Errado. Os dados somem quando o Kylo pega eles no final. Desaparecem na mão dele. Os dados tbm eram projeção.
    😉

    • GG

      Você não entendeu o comentário, Messias. Eu disse que num momento onde ele estava se concentrando pra enganar todo mundo, e o sucesso do plano dependia disso, ele não deveria gastar energia pra fazer dadinhos e mantê-los “físicos” até a hora de ir embora. O foco dele deveria estar todo na batalha.

  • Arilson Lobo

    Prá mim o filme foi sensacional, Star Wars na essência.

    1 – Trouxe personagens que faltavam;
    2 – Fazer a nave se chocar com outra na velocidade da luz… foi F…;
    3 – Piadinhas ao estilo anos 80′;
    4 – Muitos não gostaram do cassino, mas nos remete a cena de Han Solo e Greedo discutindo num bar em Uma Nova Esperança;
    5 – A grande surpresa no final de Luke lutando;
    6 – O final de Luke parecido ao de Obi-Wan: “Se você me matar eu me tornarei mais poderoso do que você pode imaginar.”

    Filme Foda!!!

  • Mark Dias

    Achei legal a ideia do filme, de todos os acontecimentos se passarem em poucas horas, mas tão esquecendo de trabalhar personagem. A maior parte dos lideres mais importantes da rebelião morreram e nem mostraram. Ei fiquei até puto quando mataram o Almirante Ackbar em um dialogo, nem pra mostrar mais ele. E quem teve a brilhante ideia de colocar todos os lideres da rebelião na mesma nava, e a maioria deles na mesma sala?
    A Phasma foi o novo Boba Fett,e o Snoke foi o novo Darth Maul. Esse filme trouxe tantas duvidas e tão poucas respostas, que eu tenho pena do JJ Abrams, porque o episódio 9 tem ponta solta demais para fechar. Ainda tenho esperança de que vão mostrar como o Snoke surgiu, quem treinou ele se todos os Sith tinham morrido, e quem ele é, já que já tinham dado a ideia de que ele tinha uma história por trás. E que não venham contar o resto nos quadrinhos, se não pra que tem os filmes?
    Eu não acreditava na teoria da Rey ser uma Kennobi, até ver esse filme. Eles lembram do Obi-wan varias vezes, até o Kylo Ren fala dele. Essa historinha da Rey não ser ninguém ou é balela, ou inventaram nesse filme, porque no anterior deixa bem claro que ela é filha de alguém importante.
    Eu não quero me alongar mais, mas poderia passar horas falando das coisas que eu gostei, o que eu mudaria, e o que eu realmente não gostei (alem do Kylo Ren KKKK), mas vou ficando por aqui,
    Abraço e obrigado por um mais excelente episódio.

    Ps.: Espero que a Disney desista dessa ideia de entregar uma trilogia pra esse Rian Johnson e o muleque da vassora.

    • Fala Mark, também queria mais sobre os líderes da Resistência. Como falei, podia ser muito bem o General Ackbar ou alguém que já tinhamos alguma ligação a fazer o sacrifício.

      Sobre estarem em um mesmo lugar, bem, a Primeira Ordem também tinha o Snoke, Hux, Kylo… todos juntos. Ainda mais quando eles não achavam que seriam seguidos.

      Não sei se ficaram “pontas soltas” porque não cabe ao JJ Abrams explicar sobre o vilão que já morreu. Poderia ignorar a Phasma assim como fizeram com o Boba Fett nos filmes. Se ele falar deles, legal, mas se não falar, não seria problema agora. Teria que ter falado antes talvez.

      Sobre a Rey, ainda acho que vamos descobrir mais. Clone Wars deixou uma situação do Obiwan e um relacionamento com uma rainha/princesa que poderia ser usado.

      “Moleque da vassoura” será o novo Luke! hehehe

  • Ainda não ouvi,as já vou comentar, kkkk vamos ver se nesse vcs foram mais fanboys ou críticos. Kkkk

    • Hahaha Um pouco de cada talvez… mas depois diz aí o que achou

      • Vou colocar tanto comentário, e depois tenho que mandar um email ainda. Kkkk
        Mas como sempre vcs foram excelentes. Melhor podcast do Brasil. Mas vcs foram mais fanboys :-p

  • Rivelino Cruz Do Nascimento

    Eu particularmente gostei do filme igual ou até mais que o Despertar da força e até entendo que essa nova trilogia dificilmente vai ser unanime e sempre vai ter alguem que vai criticar algo nos filmes , eu que no despertar não Kylo Ren , nesse achei que personagem evoluiu ,só falta ele usar um pouco mais da força e ele matar o Snoke na minha opinião foi de explodir cabeça, não esperava nunca deles matarem ele já no 2 filme da nova franquia, Já Luke recluso com receio de treinar Rey achando que ela poderia ter o destino iguala o seu sobrinho psicopata mas logo e meio contragosto fez um treinamento similar ao que Yoda fez com ele , as duas cenas do Luke de arrepiar foram dele com R2-d2 vendo mensagem holograma da Léia igual a Stars wars e Ele se tornando um com força e desaparecendo Igual Yoda e Obi wan isso para quem é fã é muito simbólico, achei varias vezes que eles matariam A Leía nesse filme principalmente na cena da explosão e a cena do Cassino realmente pediu a volta do Lando ,era cena perfeita p/ ele e no meu ver ficou uma cena que no final não acrescenta em nada na trama …. Abraços e Feliz 2018 e muito sucesso p/ PODCRASTINADORES !!!

    • Acho que o personagem do Kylo cresceu muito e The Last Jedi trabalhou muito bem nesse sentido. De tudo que você falou, só penso que queria ver mais o R2, coitado, está sendo substituído pelo BB8 sem dó nem piedade.

      Obrigado River! Que a Força esteja conosco em 2018!

  • Rivelino Cruz Do Nascimento

    Eu particularmente gostei do filme igual ou até mais que o Despertar da força e até entendo que essa nova trilogia dificilmente vai ser unanime e sempre vai ter alguem que vai criticar algo nos filmes , eu que no despertar não Kylo Ren , nesse achei que personagem evoluiu ,só falta ele usar um pouco mais da força e ele matar o Snoke na minha opinião foi de explodir cabeça, não esperava nunca deles matarem ele já no 2 filme da nova franquia, Já Luke recluso com receio de treinar Rey achando que ela poderia ter o destino iguala o seu sobrinho psicopata mas logo e meio contragosto fez um treinamento similar ao que Yoda fez com ele , as duas cenas do Luke de arrepiar foram dele com R2-d2 vendo mensagem holograma da Léia igual a Stars wars e Ele se tornando um com força e desaparecendo Igual Yoda e Obi wan isso para quem é fã é muito simbólico, achei varias vezes que eles matariam A Leía nesse filme principalmente na cena da explosão e a cena do Cassino realmente pediu a volta do Lando ,era cena perfeita p/ ele e no meu ver ficou uma cena que no final não acrescenta em nada na trama …. Abraços e Feliz 2018 e muito sucesso p/ PODCRASTINADORES !!!

  • Ouvindo e escrevendo, kkkk. Concordo com o Tibério sobre a primeira ordem ter crescido demais nesse em relação à resistência, no episódio 7 osnrebeldes chutam a bunda deles em 2 ocasiões, e acabam com a maior arma dos caras, e nesse a resistência virou 1/2 duzia de naves?

    • Né não? De resistentes eles não tem nada.

  • s comentários da Nádja (adorei a participação dela, sabe aquela vaga do Rod? Até ia me candidatar, mas pela Nadja eu abro mão kkkk) apelando para o universo expandido para justificar cada cena do filme: pessoal se eu tenho que ler 10 livros e escrever 6 teses de PhD pra tornar o filme bom, é prova que o filme não funcionou, como filme, faltou alguma coisa aí.

  • helvis finalmente um diretor que honrou o seu querido clássico incompreendido.

    • Ninguém merece Flash Gordon

    • helvecioparente

      O Flash Gordon da década de 80 é tão bom que ainda não refilmaram.
      Vê quantos reboots de Homem Aranha já tiveram depois disso…

      • Melhor defesa de Flash Gordon que já vi!

      • Flash Gordon remake? Podia rolar né? Eu comprava essa idéia.

  • Gabriel Cardillo Moura Neves

    Animal esse som do final, Star Wars Prog !

  • Eu li que o lance de quando o jedi se une à Força ele alcança um nível de entendimento transcendental que faz com que pouco a pouco eles percam o interesse em se intrometer em assuntos “mundanos”. Mas em tempos de Disney, não dá para precisar os conceitos que as novas produções vão manter.

    • Deve estar rolando maior festa junto com a Força e o Jedi tem que sair pra ficar ajudando as coisas por aqui. Deve ser um saco mesmo… hehehe

      Mas só lembrando que o primeiro Jedi (que sabemos) a aprender a lidar e se comunicar com o vivos após se unir com Força foi Qui-Gon Jinn que depois ensinou isso para o Yoda e Obi-Wan…

      • Sim… Eu até achava que aquela técnica de “imortalidade” que o Paupatine ficava vendendo pro Anakin no Episódio III (acho) eram histórias sobre essa habilidade.

        • Sim, eram sim. Mas até agora nunca vimos o Darth Plagueis dessa forma e como Sith é tudo mentiroso, vai saber… hehehe
          O Qui-Gon a gente ouve a voz no fim do Episódio 3 e os outros vimos nos filmes clássicos, então esses temos certeza.

          Aliás, tem um quadrinho que gosto muito, principalmente pela dupla Tom Veitch e Cam Kennedy, que é o Dark Empire e mostra que o Imperador teria conseguido essa habilidade e mais: ele consegue assumir o corpo de um clone dele mesmo mais jovem e voltar a vida. Bem legal, mas bem “Legends” também. Recomendo.

          • Como os filmes são contados pelo ponto de vista da história dos Skywalker, pode ser que alguns Jedi/Sith poderosos também tivessem essa habilidade, só não é mostrado para nós, expectadores. Talvez até mesmo exija graus de domínio diferentes porque nem toda técnica sith funciona da mesma forma usada pelos jedi e vice-versa…
            Mas pô… Falar do Universo Expandido e saber que a Disney vai ignorar qualquer coisa que não entre em sintonia com o que o estúdio planejar dá até tristeza, hehehe.

  • Fiquei bem contente que mais gente não gostou da personagem nova – e eu só pensava durante o filme: Coitado do Finn.

  • Cleber Inacio

    Olá Galera do bem! Acabei de ouvir vocês e parabéns, gostei muito de como apresentaram e a fluidez das informações… para falar a verdade ouvir também p PodC a de um pessoal que curto muito, mas não sei o porque eles perderam a linha na hora de apresentar o mesmo assunto de vcs kkkk não sei porque, mas vc foram demais. Conheci o PodC de vcs na Jedi.Com de Belo Horizonte onde o Fernando Caruso me entregou um cartão, muito obrigado por isso.

    • Legal Cleber, Caruso tá fazendo a parte dele então. hahahaha
      Seja bem-vindo!

  • mondotech mondo

    o filme e ruim… eu queria a marajade.. eu queria jacen… disney e satanica

    • Também queria, mas elas agora são apenas “lendas”… snif..