Podcrastinadores.S05E22 – Debate-Papo: Os Bastidores da Walt Disney Company

Depois de dois episódios especiais sobre os estúdios Disney, agora vamos falar dos bastidores do maior conglomerado de entretenimento do mundo: a Walt Disney Company, e os parques temáticos onde sonhos se tornam realidade! O que acontece por trás das cortinas, o treinamento dos funcionários, as lendas sobre os parques, visto por quem não só conhece muito como já trabalhou lá.

Para mais um episódio debate-papo, recebemos o comediante Bruno Motta e o podcaster Felipe Trindade, do Passaporte Orlando, e conversar desde a criação da companhia até os planos futuros das atrações dos parques temáticos. Impossível ouvir e não ficar tentado a ir/voltar lá o quanto antes!

E você, já esteve lá? O que mais gostou? Quais suas expectativas para Avatarland e Star Wars Land? Deixe seu comentário aqui no post do episódio!


Links relacionados:


Um agradecimento a todos que suportam os Podcrastinadores, especialmente aos nossos padrinhos Adriano Cavalari, Alan Martins, Alan Tadini, Alberto Camilo, Alexandre Böhm, Alexandre Cavalcanti, Alexandre Mendes, Alexandre Moraes, Anderson Dias, Andre Estrela, Anna Cruz, Arnaldo Iwamoto, Beatriz Cunha, Bianca Ramos, Camila Gildo, Carolina Lindoso-Neet, Caio Luiz Daemon, Carlos Eduardo Valesi, Carlos Tenorio, César Albuquerque Lima, Daniel Colicchio, Daniel do Nascimento, Diego Livingstonn Dierly Cordeiro, Draco, Eder Fabio Ribeiro, Eduarda Azevedo, Eduardo Canha, Eduardo Starling, Eduardo Tomazett, Elieverson Santos, Emerson Lara, Emílio Mansur, Fábio Bentes, Fábio Bentes Jr., Felipe Rodrigues, Felipe Zabin, Fernando Althof, Fernando Gontijo, Fernando Oliveira, Francisco Zotto, Frederico Lucca, Gustavo Medeiros, Hugo Nanni, Isabela Caixeiro, José Maria Leite, Juliano Ribeiro, Kauê Lovecchio, Klicia Figueiredo, José Eduardo Silva, Leonardo Amaro, Leonardo dos Santos, Leonardo Leão, Liliam de Oliveira, Luciano do Carmo, Luis Alfredo Lopes, Luiz Eduardo Biermann, Luke Garcia, João Elias, Marcello Alves, Marcelo Guedes, Marcelo Petego, Marcelo Rodrigues, Marco Antonio Linares, Marcos Alves, Mario Rocha, Michele Santos, Maximiliano Guzenski, Murilo Zibetti, Odirlei Fidelis, Otavio Oliveira, Patricia Delvecchi, Pedro Paulo Pereira, Rafael Baldo, Rafael Montiel, Ricardo Pires Ferreira, Roberth Terra, Rogério Bittencourt, Rodrigo Montaleão, Rodrigo Mussi, Rômulo da Costa Sérgio Salvador, Shoiti Motoyama, Sidnei Santana, Thiago Cordeiro, Thiago Freire, Vitor Couto, Victor Fontes, Walter Dias, Welyton Manoel, e Wilson Santos.


Participe você também escrevendo pra gente: [email protected]
Queremos saber quem é você que nos ouve: vá em facebook.com/podcrastinadores e mande seu Like lá.

  • Joshua Hellman
  • esse é aquele Podcast onde quem nunca foi pra Disney olha e diz … http://geradormemes.com/media/created/awf20v.jpg

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Gabriel Andrade

      kkkkkkkkkkkk

    • Maicon Balloo Agliardi

      MUHAUh au hau hahu

  • Reinaldo Freire

    Terminei de ouvir. Ótimo tema. WD é um mito para a cultura mundial.

    @Tibério, criticaram agora o seu nome. kkkkkkkkkkkk #EstamosDeOlho

  • André Luiz

    Ótimo podcast.

    O Mickey é um personagem chato pra caramba e infelizmente ele foi historicamente favorecido por causa do vinculo com o fundador, porem, o Donald e os personagens da família pato sempre foram mais divertidos e populares .

    Eles estão em alta agora por causa da nova versão de Ducktales, deixa dar um tempo que vão puxar o tapete novamente.

    Informação corporativa irrelevante, a Comcast dona da Universal é maior que a disney

    • Valeu André!

      Sabe que também sempre fui fã dos personagens posteriores que ao Mickey. Pateta sem foi o mais engraçado pra mim, mas Duck Tales bate a saudades e já vem a música na cabeça: “são os caçadores de aventura… U U” hehehe

    • helvecioparente

      Uma coisa que ajuda o Donald a ser mais divertido que o Mickey é todo o universo criado nos quadrinhos pelo Carl Barks, como o tio Patinhas e toda a cidade de Patópolis.

      • Fora que o Donald é mais “humano” – ele reclama, xinga, fica bravo, é impaciente… Parece muito mais uma pessoa de verdade. Identificação imediata! 😛

    • Bruno Motta

      Ahahahah entendo acharam o Mickey “chato”, mas é esquecer toda a história de quando ele era sim legal e quebrava regras. Estão até voltando com esse Mickey “transgressor” nos novos desenhos.

  • Willi Wonka

    Rolou rotoscopia na Branca de Neve sim, jovens. Usaram pra caraio inclusive. Tanto que “reutilizaram alguns movimentos em Mogli.
    https://www.youtube.com/watch?v=n4aQbPZy36c

    • GG

      Olhaí!! Essa cena da Banca de Neve era a que eu tinha em mente mesmo, ela é perfeita demais pra não ter sido copiada.
      Mas sinceramente, não acho um demérito não. Encaro como parte do perfeccionismo da produção.

    • Bruno Motta

      eu quis dizer que o Disney não se orgulhava, por isso interrompi o GG. no sentido “não ‘rolou rotoscopia’, eles fizeram APESAR do Disney” mas acabou que comecei a frase e foi pra outro lado. Enfim

      • Bruno Motta

        *apesar dele ser Contra. Mas a gente falou, no final, o orçamento estourando, tiveram que usar

  • Fala podcrastinadores!! Adorei o cast sobre os parques da Disney, eu consegui realizar esse sonho em abril desse ano então essa cast aumentou minha saudade da terra da magia
    A atração do the great movie ride vai fechar agora em setembro de 2017, mas ela era muito legal e star tours é de + e o melhor mesmo indo mais de uma vez você tenm experiencias diferentes
    Muitas curiosidades dos parque e do proprio Walt Disney ótimo trabalho galera!

    PS: os DVD’s da disney tem alguns de filmes que apesar de muito bons, parece não ter grande repercussão ate hoje estou esperando para comprar o DVD de Robin Hood perdi a chace na edição de 40 anos e nada ate agora

    PS: A ideia original do Disney esta refletida no filme Tomorrowland ela segue bem a ideia de cientistas morando em uma cidade para criar melhorias no mundo

    • Amanda, dá uma pesquisada nas ideias para a nova área de Star Wars. Muita coisa de louco! Já tô juntando a grana aqui para ir o quanto antes!

      Aliás, alguém precisa de um rim (meio baleado, ok) por aí? 😉

      Ah, vamos combinar que The Great Movie Ride era legal, mas aquela parte final assistindo cenas de filmes que ninguém mais lembra realmente precisava de um remake. Pena, mas é verdade.

      • sabe que minha mãe gostou dessa parte rsrsrsrs ela chegou a ser tão nostalgica que começou a me contar das aventuras dela da minha tia quando iam ao cinema
        Da segunda vez eu confesso que realmente ja não me impactou + a ela teve o mesmo efeito rsrsrs

    • Bruno Motta

      como a gente falou… perdeu a hora de comprar, perdeu… procura um usado!

  • Atribui-se muito ao Disney alguns pioneirismos que, na prática, não são dele – a criação do desenho animado, o som no cinema, a cor na animação etc. Até o primeiro longa metragem de animação especula-se que teve quem fez antes (algo mais obscuro que não ficou pra história). Mas o que é indiscutível: O que fez dele o que é até hoje não foi ser o primeiro a fazer, mas o a ter feito com excelência.
    E mais de 50 anos após sua morte ainda segue-se o legado dele com a preocupação de fazer o que ele faria. E tentar manter vivo o sonho dele em manter a magia viva.

    • No episódio que falamos das animações da Disney, discutimos uns pontos, inclusive, sobre as histórias que ele se “apropriou” da cultura europeia.

      Mas o cara era sinistro mesmo, fazer o que? 😉

    • Bruno Motta

      Rafa, é como o Jobs: não é sobre fazer primeiro. É sobre fazer bem e mudar paradigmas. Como se percebe, nenhum desses primeiros que vc citou mudaram o mundo. O Disney realmente mudou, quando não era o primeiro naquilo, era “breaking trough everything”. É isso

      • Aliás, a comparação com o Jobs é excelente em vários termos (inclusive sobre o fato de que dizem que não era lá muito “fácil” trabalhar pra nenhum dos dois). 🙂

        • André Luiz

          Jobs era o cara que ficava com o chicote enquanto os nerds liderados pelo Steve Wosniak “tinham que ter” ideias boas.

          É um dos maiores abutres da historia, deve ser colocado junto do Thomas Edison que sacaneou o Tesla e o Westhinghouse.

          Inclusive já saiu o trailer do filme ” A guerra das correntes”

          https://www.youtube.com/watch?v=-yE1aW8bJ14

          • Opa, esse filme deve ser interessante, um bom papo comparar ele com os acontecimentos históricos.

  • Olha, confesso que sou uma das poucas pessoas que nunca teve interesse em ir para a Disney, nem quando era criança, mas após o anuncio do parque de Star Wars eu quero muito ir conhecer a terra do ratão preto.
    Mas antes disso, sempre que me perguntavam se eu gostaria de ir, a minha resposta era “ah, sei lá, acho que não.”, mas juro que se alguém tivesse falado q pagaria a minha viagem inteira, inclusive o um milhão de coisas que muito provavelmente eu iria comprar.
    Mas legal essa da opção de trabalhar lá e ao mesmo tempo morar no parque, deve ser uma experiência sensacional.
    Um abraço.

    • Fala Bruno, depois que você vai a primeira vez quer voltar todo ano. É uma coisa de louco aquilo. Já tive vários amigos que pensavam assim e hoje querem ir sempre que podem. Liberte a criança em você! hehehe

      • Ah, penso em ir lá em 2019, mas para conhecer mais o parque do Star Wars, vai que ai lá descubro que gosto do parque da Disney também. rsrsrs
        Se der certo a viagem eu volto aqui para dizer. rsrs

        • Off-topic: voltando a falar de Alex Ross, puxando lá do episódio de Mulher Maravilha, saiu esse mês “Os Maiores Super Heróis do Mundo”. Todas as histórias Paz, Guerra… reunidas numa edição só. Muito bom!

          • Vou pegar esse encadernado junto com o Entre a Foice e o Martelo assim que eu puder. rs

    • Bruno Motta

      Entendo! Mas de vdd queria poder te perguntar sua impressao DEPOIS de visitar. Realmente “parque temático” (Aka DISNEY) é um negócio que a gente nao consegue compreender/entender como é, como funciona até ir lá. É muito diferente do que a gente conhece como “parque”.

      Depois que for, me chama no twitter! @brunomotta

      • Opa Bruno, acho que uma das coisas que me faz não ter interesse em ir na Disney é o fato que todo mundo que conheço e que já foram, dizem que as melhores coisas que tem no parque são os brinquedos e os passeios, mas principalmente os brinquedos, ai pergunto como são os brinquedos e todos envolvem grandes altitudes, ai que entra o meu problema, tenho alguns problemas com coisas que vão muito alto, quando era moleque eu sobia nas arvores para brincar, mas nunca fui daqueles que apostava com o amigo para ver quem iria mais alto. rsrs
        Uma vez eu fui no Beto Carreiro World (sei que não é a mesma coisa, rs), quase infartei naquele lugar, pq me deixei contagiar pela animação dos familiares que estavam comigo e acabei indo naquela torre que despenca do nada, hora que o brinquedo parou, precisei de ajuda para sair da cadeira pq eu não queria soltar de forma alguma o cinto.
        Mas pretendo ir sim algum dia para a Disney, agora que tenho como bancar tudo que gostaria de gastar ou pelo menos meios para me endividar, penso em ir para conhecer as outras coisas que não envolvam altura. rs
        Já estou te seguindo lá no twitter, abraços.

        • Bruno Motta

          Bruno, não acredite muito nessas pessoas viciadas em altura, adrenalina, UHUUU que radical, montanha russa. Na Disney (Disney mesmo, os 4 parques Disney) POUQUISSIMOS brinquedos envolvem altura ou emoções radicais, justamente porque é um parque voltado pra família, pra todos se divertirem, até os pais e avós. Acabei de “mandar” uma amiga que tem vertigem e labirintite pra lá e ela adorou.

          Até os brinquedos que parecem “radicais” com orientação voce pode ir (alguém que diga realmente quais te dão problema e quais só parecem emocionantes, mas são light). Nesse sentido o pior sao os simuladores, que dão tontura.

          Vá! Vc vai gostar.

          • Entendi, obrigado pelas dicas cara! Vou pensar com mais carinho na escolha do próxima viagem, próxima não, pq a próxima é Santiago-Chile em março de 2018, mas tenho um amigo e a esposa dele que vivem falando de ir para lá, que por sinal é por causa deles que comecei a repensar a minha ida para a Disney, além do parque temático de Star Wars. rs

        • Me parece que o Magic Kingdom e a Epcot Center são PERFEITOS pra você: vários passeios que não envolvem altura!

          • Opa, obrigado pelas dicas Caruso! Vou pesquisar mais aqui e ver em qual irei.

  • André Luiz

    Ele ajudou a criar personagens que contribuíram para o esforço de guerra e a politica externa americana durante a segunda guerra mundial e a guerra fria, porém, ironicamente ele era racista e anti-semita.

    Durante a época do marcatismo qualquer reclamação de funcionário por melhores condições de trabalho era ” coisa de sindicalista comunista” e ele já dedava pro FBI o que transformava a vida de qualquer pessoa em um inferno

    Bem, nem tudo são flores, quem sabe um dia sai um filme dele mostrando o lado evil do Disney com o Tom Hanks no papel, kk.

    • “Filmes que poderiam existir III”!!

    • Koruja

      por isso ele era foda, comunista não se metia, e criou essa bela empresa.

  • Arle Janso Kurogane

    A única Universal Studios que vale a pena ir é a do Japão. Tem um Gundam em tamanho real.

  • Arle Janso Kurogane

    O único parque da Universal que vale a pena ir é a do Japão, tem um Gundam em tamanho real.
    https://uploads.disquscdn.com/images/fbd42f57b47f2c7fa0cc4c136b5e3036519356af1e8763edb019ebcf7f9a9f51.jpg

    • Fodão! Mas não desmerece os outros parques… coitados. hehehe

      A Universal e Island ainda são minhas preferidas em relação a Orlando. Disney é legal, mas algumas coisas ainda estão paradas no tempo enquanto a Universal tem os direitos da Marvel, Harry Potter…

      • Bruno Motta

        eitcha esse robozão hein

      • Bruno Motta

        um amigo meu acabou de ir no Islands e me mandou a msg “fiz Hulk, Spider Man, Harry Potter, depois do Jurasik Park agora eu faço o que” e eu respondi: chora. Só tem isso nesse parque EMBORA CERTAS PESSOAS FIQUEM INSISTINDO QUE ESSE LUGAR É INCRIVEL. Harry Potter vale a pena, mas é só.

        • GG

          Ahahhaa! Universal pra mim tem que ser só com aquele passe especial que passa pros dois parques. Em um dia se mata tudo de bom nos dois.

          • Fico meio dia só na parte de HP na Universal…

            Bruno, fala pra ele ir nos Transformers, Minions, Rock it… 😉
            Agora, se for só Island, aí tem o Popeye (no calor vale a pena)!

          • No Natal tem Blues Brothers no Universal Clássico!

      • Arle Janso Kurogane

        Só foi uma brincadeira por eu gostar muito de Gundam HSAUHSA Então se eu tiver oportunidade de ir em um será no Japão, pois além de HP e outras atrações da Universal, tem Gundam e outras obras japonesas que gosto.

    • Bruno Motta

      eitcha que robozão hein

  • Katia Barga

    Que delícia de episódio! E adorei a participação do Felipe e do Bruno também. Quantas curiosidades legais. Fiquei pensando na atração do Stitch que ja conheci assim, como devia ser sinistra com o alien!
    Lindas as histórias dos magical moments <3
    Lembro até hoje a primeira vez que fui com meu marido do Magic kingdom, foi cóm certeza um dos dias mais perfeitos que já tive! Saímos de lá tao felizes, aí chegamos no carro, ele tinha esquecido o farol ligado, e claro que o carro não ligava, mas lá dentro tudo tem mesmo solução e num instante um cast member apareceu pra nós acudir com a sua chupeta 🙂 nunca esquecemos disso, nem um contratempo tirou a magia do dia.
    Espero poder levar logo a minha filha mais nova, embora as coisas não estejam mais tão boas pra viajar pra lá
    .. Mas estou completamente alucinada pra ver a área star wars, com certeza vai ser incrível!

    • Nem fala, tava precisando me congelar igual o Walt e acordar em 2019 pra conter a ansiedade…

      • Katia Barga

        Unem fala, não chega nem dezembro, Quando mais 2019 kkk

  • Presidente Exumador

    Ele foi o Jobs da geração dele? Ele também saiu roubando ideias de outras empresas e pessoas e ficou rico com trabalho análogo a escravidão em outros países? Essa mania de transformar o Jobs em herói me diverte…

    • Sr Presidente, a Disney fabrica produtos na China e todas suas histórias foram “baseadas” em versões de contos europeus que já existiam desde sempre. Bem parecidos pra mim. hehehe

      Quem tá chamando alguém de herói é você! Se não me engano, essa palavra não foi usada em nenhum momento em mais de 2 horas de episódio. 😉

      Mas que bom que se divertiu.

  • Curti demais o programa e mesmo não falando especificamente de algum filme ou série, achei demais conhecer esses bastidores da Disney. O lance da médica fantasia é bisonho. Tanto quanto fantástico e empolgante. kkkkk
    Agora, mudando de assunto, gostaria de ouvir um episódio falando sobre Narcos. Gostaria muito de ouvir a opinião de vocês sobre a série. Assisti a 3ª temporada em tempo recorde pra mim (dois dias) e estou surpreso que não tenha ainda nenhum podcast falando dessa série. Se gravarem, me torno padrim por pelo menos um mês. Amo vcs. O Tibério não. Mentira.. o Tibério tb. rs

    • Obrigado Renan!! hehehe

      Aí foi apelação, semana que vem tem Narcos! rs…
      Brincadeira, ou não??, mas tá na nossa lista de episódios sim. Continua acompanhando que uma hora sai.

  • Koruja

    cade os link no posts q disseram q iria ter?

    • GG

      Qual esquecemos?

  • Murilo

    esperando o dólar baixar pra ir pra disney. e eu ganhar na loteria também. 🙁

  • Murilo

    dumbo foi o filme mais desleixado da disney de animação pelo fato dos desenhsitas ganharem menos nessa época e o walt disney não estar apar.

    isso também acontece na nintendo. todo jogo que o miayamoto não fica de cima o jogo é zoado. donkey kong pro wii u o miyamoto encheu o saco e saiu um jogo excelente.
    e mario o miyamoto sempre acompanha de perto e sempre sai divisores de água.