Podcrastinadores.S03E06 – Mulheres Badass

Dia 8 de março é o dia internacional das mulheres. E neste programa faremos uma merecidíssima homenagem a elas. Mas aqui não tem nada de sexo frágil, vamos passear pela história do cinema falando daquelas que são as mais “badass” da telona. Mulheres de personalidade, fortes, determinadas, inteligentes, apaixonantes e, principalmente, que sabem se defender muito bem sozinhas.

Relembrem essas bad girls com Gustavo Guimarães, Helvécio Parente, Rodrigo MontaleãoTibério Velasquez, e os convidados  Bianca Marques e Daniel Braga.

Ouça e participe!

Links relacionados a este episódio:

– Episódio dos Podcrastinadores sobre Jogos de Sobrevivência, Quentin TarantinoVampiros, Viagem no Tempo, Top 15 Vilões do Cinema e Invasão Alienígena.

– Programa Série em Debate, do Daniel Braga.

– Podcast Biancast, da Bianca Marques.

– E o famoso vídeo da vencedora do Oscar, Julianne Moore, por um papel… inusitado:

[su_youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=W7roWhx4tkk”]

Participe você também escrevendo pra gente: [email protected]
Queremos saber quem é você que nos ouve: vá em facebook.com/podcrastinadores e mande seu Like lá.

  • AzBats

    Parabéns pelo bom gosto ao escolherem a foto do banner/vitrine do podcast. Afinal além da beleza da Milla Jovovich, ela se provou mais competente que a Angelina Jolie em protagonizar uma franquia de filmes de ação (que o diga os dois Tomb Raider e tentativa de uma versão feminina do agente Jason Bourne com o filme “Salt”)

    • Não pode dizer que ela não tentou, ainda tivemos Sr e Sra Smith e O Procurado. 😉
      Abraço.

      • helvecioparente

        Acho que Angelina Jolie e Milla Jovovich têm estilos diferentes de direcionar as carreiras. Respeito ambas, mas concordo contigo: prefiro a Milla…

    • Rodrigo “Rod” Montaleao

      Eu sou fã da Milla, então sou suspeito pra falar. Gosto muito do trabalho dela, até em outros tipos de filme (você viu aquele Contatos de 4º Grau?).

      Sobre a Sra. Brad Pitt, realmente ela deu uma caída nos últimos filmes e parece que abandonou o gênero ação. Uma pena, até porque quanto mais mulheres badass, melhor. Abs e obrigado pela audiência!

  • Paula Kerner

    Excelente podcast, fiquei feliz de ver um podcast criativo e massa; ainda mais ver que várias das minhas inspirações para personagens femininas badass nesta lista. Inclusive, se um dia meu roteiro virar filme quero que a Michelle Rodriguez interprete minha protagonista, junto com o Wagner Moura. Porque eu não sou nem um pouco audaciosa hahahahaha

    Seguindo isso de “O que tá na internet é verdade”, uma vez li que a Natalie Portman quase teve sua carreira arruinada depois de Star Wars. Ela terminou uma trilogia famosíssima e mesmo assim nenhum diretor queria trabalhar com ela. Ela precisou que o diretor e amigo dela Mike Nichols a recomendasse para Anthony Minghela, que repassou ela para Tom Tykwer, que repassou ela para os Wachowskis.

    Obs: a Emma Watson é uma menina fenomenal. Ela vive Hermione; tanto é que é uma das poucas atrizes de grande nome que concluiu seus estudos na faculdade. Grande apoiadora dos direitos das mulheres, ela é uma grande porta-voz e ativista do feminismo. Ela não é só badass nos filmes, mas também é bastante socialmente engajada. Já fez discurso na ONU, etc…

    Parabéns pelas escolhas; vou até rever Alien e vou criar coragem para assistir o terceiro filme de Jogos Vorazes. Tenho um pouco de birra da Jennifer Lawrence por causa do papel que ela faz como Katniss Everdeen. Sinto que ela é pouco expressiva, parece meio apática e de poucas palavras; embora suas cenas de ação sejam bem maneiras mesmo.

    Novamente, parabéns pelo podcast. Está bem legal! Recentemente ouvi o podcast sobre Tarantino e preciso dizer que a trilha sonora está muito massa. Com Tarantino não tem erro; baixei um tantão de filmes graças às sugestões de vocês – já tenho o que fazer no final de semana =P abraços e sucesso!

    • Obrigado Paula, fiquei feliz também que você achou tudo isso do podcast. 😉

      Fato é que Star Wars sempre dá uma marcada nos atores, vemos aí a galera da antiga que não fizeram nada de expressivo e os novos atores só continuaram fortes os que já tinham carreira antes, ou a Natalie Portman.

      Se essas mulheres não fossem top, não estariam na nossa lista!

      Depois de rever os filmes, não deixe de opinar aqui pra gente.
      Abraço.

      • GG

        Alto lá! A Carrie Fisher fez o filme mais legal do mundo: Blues Brothers! 🙂

        • helvecioparente

          Tinha um tal de Harrison Ford, que fez uns 2 ou 3 filmes depois da triolgia clássica…
          😛

          Paula, obrigado pelos comentários! Se quiser trocar figurinhas sobre roteiro, avisa! Só não tenho os contatos da Michelle Rodriguez e do Wagner Moura – e vou te falar que queria ele num filme meu…

    • Rodrigo “Rod” Montaleao

      Obrigado pelos elogios, Paula. Sobre a Natalie Portman, ela já provou que sabia atuar desde pequena, quando fez a Mathilda em León, o Profissional. Mas temos que admitir que a performance dela em Star Wars foi realmente burocrática e sem inspiração. Prova de que um bom diretor e um bom roteiro fazem toda a diferença – e George Lucas não é bom em nenhum desses dois pontos.

      Acho que todos da equipe têm um carinho especial pelo Podcast de Tarantino. Eu, particularmente, considero um dos nossos Top 5. Muito bom saber que tem mais gente por aí curtindo. Abs!

  • Yuri R. Basilio

    GG tá ficando afiado nas piadinhas.

  • jujuba

    Muito, muito bom esse podcast. Na verdade gosto mais da interação do grupo todo. Perfeita simbiose.
    Gosto tremendamente qd Helves discorre sobre uma cena de que gosta. Faz com tanta empolgação que te faz reviver a cena e vê-la com outros olhos.
    E no nosso nacional tb teve muita mulheres badass.
    Abçs.

    • helvecioparente

      Obrigado! Vejo filmes há décadas, mas a empolgação nunca diminuiu!

    • Rodrigo “Rod” Montaleao

      Jujuba, e olha que o que vai pro Podcast é editado. Você não imagina o que a gente tem que aturar na gravação… rsrsrssr. Se deixar, ele toca teclado com o tema dos filmes em todo episódio. Abs!

      • jujuba

        Desatino de cinéfilo, né? Quem é se “solidariza” 😉
        By the way, estou tentando maratonar o podcast de vc e é difícil escolher o melhor. Até aqui, meu preferido é o de “Battlestar Galactica”, mas o 2.15 sobre robôs, andróides … foi tremendamente interessante!

        Vc bem poderiam podcrastinar semanlamente, né ? 😉

        • Poxa, quem dera se conseguíssemos ter o podcast semanalmente, mas não temos como fazer isso. Quem sabe um dia… E obrigado pelos elogios.

          A propósito, se já ouviu todos os episódios, sua opinião para nossa pesquisa vale mais ainda. 😉 https://pt.surveymonkey.com/s/GXGTZYD

  • Marcio Mafra Jr.

    Hahaha! Enquanto a garota dizia que usaram um tic tac como dente falso numa gravação, vocês citam MENTEX!! Meu, quantos anos não penso naquela caixinha amarela obrigatória em todas as salaa de cinema!

    Vocês realmente me representam. 🙂
    Keep up the good work!

    • GG

      Salve, Marcio! E você sabe por que tinha tanto Mentex no cinema, junto com Halls, soft e toffe de leite? Porque chicletes, que sempre foram os preferidos da garotada, sujavam muito as salas. A limpeza demorava muito mais tirando os que estavam grudados nos bancos e no chão. Isso quando tiravam, e você não sentava em cima. 😛
      Por isso os donos investiam nas guloseimas que eram inteiramente comidas, coisa que o chiclete não é.

    • Rodrigo “Rod” Montaleao

      Mentex era bom demais! O Mentos de hoje em dia não é chega nem perto. Mas a campeã era a Kids. Adorava aquilo. Abs e obrigado pela audiência!

  • Pingback: Mad Max: Estrada da Fúria por uma "virgem" - Abacaxi Voador()

  • Pingback: O Exterminador do Futuro: Gênesis - Abacaxi Voador()

  • Wellington Azevedo

    Olá, guys!
    Ainda maratonando vcs, e gostei bastante da iniciativa do tema, mas espero que até chegar nos podcasts mais recentes tenha rolado uma pequena dose de desconstrução na rapazeada ae, pois né. Rsrs mesmo sendo homem me sinto um pouco desconfortável com algumas tiradas. Mas don’t get me wrong, sou fã do Podcast e do dinamismo e descontração de vocês.
    Sem querer ser chato ou shady, mas a aparente pouca idade da Bianca deu uma caída no nível do papo e me fez perguntar qual seria a contribuição dela nesse episódio…

    Anyways, keep up the good work! 👍

    • Pode deixar que melhoramos nesse sentido. 👍
      Lá na frente conta pra gente como tá indo hehehe